Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Trabalhador é eletrocutado ao tentar perfurar poço artesiano em Parauapebas

O caso ocorreu na manhã de sexta-feira (2), no bairro Céu Azul

O Liberal

Edson Soares de Brito, de 59 anos, morreu eletrocutado na manhã de sexta-feira (2) enquanto trabalhava na perfuração de um poço artesiano de uma casa de Parauapebas, município no sudeste do Pará. O caso ocorreu no bairro Céu Azul. A vítima teria sofrido uma descarga elétrica ao ligar uma máquina utilizada no serviço. As informações são do Native News Carajás.

Edson ainda chegou a ser socorrido por colegas de trabalho para o Hospital Municipal da cidade, mas já chegou morto no local. 

A Polícia Civil (PC) foi acionada e solicitou a remoção a do corpo para a Polícia Científica do Pará (PCP). Um inquérito foi instaurado para apurar o caso. 

A reportagem solicitou mais detalhes sobre o caso para a PC e aguarda retorno.

Homem morre eletrocutado dentro de condomínio de Belém

Um homem, que ainda não teve o nome divulgado, foi eletrocutado na manhã desta quinta-feira (1°) dentro de um residencial localizado na avenida Augusto Montenegro, no bairro Águas Negras, em Belém. A vítima sofreu a descarga elétrica enquanto pintava a quarta residência que fica na Rua Roma do residencial.

Moradores da área contam que o homem estava trabalhando na pintura, nos altos de uma casa, quando o cabo do rodo que utilizava encostou na fiação elétrica. Moradores relatam terem ouvido um barulho e, em seguida, visto o homem caído.

Um vídeo feito por moradora do residencial às 12h37 de quinta-feira mostra o corpo do homem ainda estirado na laje da casa onde aconteceu o acidente. Viaturas do Corpo de Bombeiros e as polícias Cientifica (PCP) e Militar (PM) estão no local. A vítima foi retirada do local por peritos após alguns minutos.

 

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA