Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Tiroteio em Nazaré: Segup conta que 'um dos criminosos mais perigosos do Pará' está entre mortos

A coletiva é promovida pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) na Delegacia Geral

O Liberal

O Governo do Estado se manifestou, por meio de uma coletiva de imprensa promovida pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), sobre o tiroteio que terminou em mortes na manhã desta quinta-feira (29), no bairro de Nazaré, em Belém. A confusão ocorreu após agentes da Polícia Civil frustrarem um assalto a uma agência bancária dentro de um hospital.

Pelo menos 40 tiros foram trocados, entre policiais e cinco criminosos, na avenida Nazaré, com a travessa 14 de março. Após o caso que deixou três pessoas mortas, entre elas Nego Jefferson, “um dos mais violentos e perigosos criminosos do estado do Pará” segundo o Jarbas Vasconcelos, titular da Seap, policiais que acompanhavam a ocorrência seguiram em perseguição a outros suspeitos em um carro e houve troca de tiros

Um dos mortos no tiroteio (via redes sociais)

O condutor do veículo acabou colidindo com um poste. Os bandidos então invadiram um supermercado, na travessa 14 de março, quase na esquina com a avenida José Malcher. No local, uma mulher foi feita refém. Quatro suspeitos foram presos. 

Tiroteio em Nazaré acaba com mortos e feridos

"O objetivo foi evitar um assalto bancário dentro de um hospital e as consequências poderiam ser piores. A ação policial ocorreu no momento que deveria ocorrer. Então podemos ressaltar um trabalho efetivo da Polícia Civil, que conseguiu antecipar o fato e abordar os criminosos no melhor momento possível", aponta Ualame Machado, titular da Segup.

Confira a linha do tempo

► Bandidos armados tentaram assaltar uma agência do Banpará que fica dentro do Hospital Ophir Loyola, localizado na Avenida Magalhães Barata, no bairro de Nazaré. Um deles, possuia um crachá falsificado da instituição bancária;

► Policiais civis que faziam buscas ao bando, avistaram os suspeitos e iniciaram a perseguição;

► Nas proximidades da Avenida Nazaré com a Travessa 14 de Março, os bandidos atiraram contra os policiais, que revidaram. Saldo: três criminosos foram atingidos e morreram em seguida.

► Os outros quatro integrantes do bando fugiram, mas colidiram o carro em que estavam contra um poste em frente ao supermercado localizado na Travessa 14 de março, mas foram presos em seguida.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA