logo jornal amazonia

Suspeito de estupro de vulnerável é preso em Serra Pelada

Contra o homem de 47 anos havia um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça de Parauapebas, cidade onde o crime ocorreu

O Liberal
fonte

Um homem de 47 anos foi preso pelo crime de estupro de vulnerável, no bairro Açaizal, no distrito de Serra Pelada, em Curionópolis, no sudeste do Pará. A prisão ocorreu na última segunda-feira (28). Contra o suspeito, pesava um mandado de prisão preventiva (tempo indeterminado), expedido pelo juiz Celso Quim Filho, da 1ª Vara Criminal de Parauapebas. O preso é investigado como suspeito em um crime supostamente cometido no ano de 2019, na “Capital do Minério”. As informações são do site Debate Carajás.

Foi por meio de uma denúncia anônima que a Polícia Militar conseguiu capturar o suspeito. No endereço indicado, os policiais militares solicitaram a identificação do homem e, neste momento, foi constatado que o suspeito era quem a polícia procurava.

VEJA MAIS

image Acusado de estuprar vizinha de 11 anos é preso em Ananindeua
De acordo com a Polícia Civil do Pará (PCPA), o caso foi presenciado por testemunhas e confirmado no laudo sexológico

image Jogador argentino é preso e condenado a 11 anos por estupro coletivo
Atleta do Huracán, da Argentina, Walter Pérez, está em um presídio na cidade de Córdoba (ARG)

image Menina de 12 anos morre após tomar chá de ervas para interromper gravidez
A Polícia Civil do Maranhão investiga se a criança foi vítima de estupro

O homem recebeu voz de prisão e foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Curionópolis, onde ficou custodiado à disposição da Justiça. Nos próximos dias, ele será encaminhado ao sistema prisional, da Secretaria de Administração Penitenciária do Pará (Seap), onde irá aguardar julgamento.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil para checar mais detalhes sobre a prisão e aguarda retorno.

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA