Menina de 12 anos morre após tomar chá de ervas para interromper gravidez

A Polícia Civil do Maranhão investiga se a criança foi vítima de estupro

O Liberal
fonte

Na quarta-feira (23), uma criança de 12 anos, que estava gestante,  veio a óbito após tomar um chá de ervas abortivo no interior do Maranhão, na zona rural da cidade de Joselândia, a 311 km da capital São Luís.  A Polícia Civil do Estado trata o ocorrido como crime de estupro de vulnerável, já a menina era menor de idade e estava grávida. As informações são do Diário do Nordeste.

VEJA MAIS

image Criança filma o próprio estupro e mostra para mãe que autor era ex-namorado dela
A criança disse que foi acariciada pelo agressor há cerca de três meses

image José Dumont nega estupro e diz que é 'padrinho' de criança de 12 anos
Em pedido de habeas corpus, os advogados do ator alegam que ele se considera padrinho do menino e é amigo da família dele

image Homem é preso suspeito de estuprar menino de 10 anos e invadir comércio
O menino relatou o crime aos familiares, que registraram Boletim de Ocorrência, o que deu início às investigações

As investigações apontam que a menina estava nas primeiras semanas de gravidez e começou a passar mal após ingerir o líquido. Ela chegou a ser encaminhada para o Hospital Municipal da cidade, mas no caminho não resistiu e morreu antes de ser atendida. 

A causa da morte da criança está sob investigação e o laudo pode levar até dez dias para sair. Por enquanto, a mãe da menina está presa e à mercê da Justiça.

 

Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL