Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Suspeito de assassinar jovem a pauladas em Itaituba é preso pela PM

Cleverton Lemos da Silva, vulgo 'Catatau', teria confessado o crime e dito aos policiais que a motivação seria uma briga com a vítima

O Liberal

Cleverton Lemos da Silva, mais conhecido como "Catatau", de 25 anos, foi preso na segunda-feira (4), suspeito de assassinar a pauladas o jovem Lucas Sanches, no distrito de Moraes Almeida, em Itaituba, sudoeste do Pará. O corpo do jovem foi encontrado em um terreno baldio algumas horas antes da prisão. A motivação do crime, segundo a Polícia Militar, teria sido uma briga entre os dois homens. As informações foram apuradas pelo portal Giro.

LEIA MAIS:
Corpo é encontrado por populares em terreno baldio, em Itaituba

A PM informou que o cadáver apresentava ferimentos na região da cabeça, causados por golpes de objeto maciço. Os policiais chegaram ao suspeito após receberem denúncia informando que Lucas teria se envolvido em uma briga com Cleverton. Durante a abordagem, o homem teria confessado o crime e disse que foi agredido pela vítima. Ele foi preso e encaminhado para a delegacia de Trairão, para as providências cabíveis.

Cleverton Lemos da Silva, o 'Catatau', foi preso e confessou o crime (Reprodução/ Portal Giro)

O caso

O corpo de Lucas Sanches foi encontrado por populares em um terreno baldio no distrito de Moraes Almeida, em Itaituba, sudoeste do Pará, na manhã de segunda-feira (4). Moradores encontraram o cadáver na rua Esmeralda das Margaridas. A Polícia Militar foi acionada e enviou uma guarnição até o endereço para fazer o isolamento do local de crime.

A Polícia Civil também foi até o local para iniciar as investigações, enquanto uma equipe do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC) fazia a remoção do corpo para o Instituto Médico Legal (IML). Policiais fizeram diligências para verificar câmeras de segurança de residências e estabelecimentos próximos, na tentativa de identificar o suspeito.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA