Segup aponta queda de 17% nos homicídios no Pará no mês de março

Secretaria diz que redução foi de 24% no acumulado de mortes entre 1º de janeiro a 31 de março de 2018 e 2019

Cleide Magalhães

O mês de março obteve redução de 17% nos casos de homicídio registrados no Pará em relação ao mesmo mês de 2018. No ano passado, ocorreram 282 mortes no período. Este ano, foram 235 ocorrências. Isto é, 47 vidas foram preservadas, diz a Segurança Pública e Defesa Social do Estado (Segup). O balanço da área de segurança do Estado apresentado esta quinta (4), em Marabá, no sudeste do Pará. Essa foi a terceira coletiva da segup com os números do Estado. Marcado inicialmente para ser divulgado na segunda (1), o balanço foi adiado por motivos técnicos.

LEIA MAIS: Balanço da atuação da Força Nacional em Belém é adiado para esta quinta

Segundo dados da Segup, em uma década, essa é a segunda redução mais significativa registrada em homicídios no Estado. Ao se tratar da Região Metropolitana de Belém, diz a secretaria, o março de 2019 é o mês que apresentou a maior redução quando se comparam os números de homicídios de todos os meses de março, de 2010 a 2019.

No comparativo dos números acumulados de 1º de janeiro a 31 de março dos anos de 2018 e também de 2019, os registros de homicídios também apresentam redução de 24%, o que representaria, segundo a Segup, a preservação de 231 vidas. Nesse período de 2018, foram computadas 944 ocorrências. No mesmo periodo de 2019, ocorreram 713 homicídios.

Os dados do terceiro balanço de 2019 foram apresentados pelo secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Estado, Ualame Machado, na manhã desta quinta-feira (4), no Carajás Centro de Convenções e Eventos, de Marabá. O município sedia simbolicamente esta semana o governo, assim como já ocorreu com Santarém, no oeste do Pará

“A gente comemora o tanto de vida que se preservou e vamos atuar para garantir uma resposta da segurança à população", comentou o titular da Segup, Ualame Machado, citando os resultados e os relacionando a operações policiais iniciadas em janeiro, como a Gênesis e a Polícia Mais Forte,  junto à Polícia Militar.

VIATURAS

O titular da Segup citou mais uma vez o aumento em 50% das viaturas policiais nas ruas, com relocação de veículos administrativos, e também de mais 200 policiais administrativos presentes nas ruas também. “Além disso, a Força Nacional de Segurança também está nos apoiando a reduzir os crimes, há cerca de duas semana”.

O titular da Segup diz que, a longo e médio prazos, a Segup pretende atuar junto às demais secretarias do governo para implantar "territórios de pacificação".  Segundo Ualame Machado, “somente com a ação ostensiva da polícia não resolveremos o problema da criminalidade".

Delegado Melo, diretor de Polícia Civil no interior, Ualame Machado, e o coronel Souza, do Estado Maior do Pará (Secom)

OUTROS CRIMES

Além dos homicídios, o novo balanço da Segup apresenta dados sobre os crimes de latrocínio (mortes causadas por assaltos). Segundo a secretaria de segurança, em março os latrocínios tiveram redução de 50% no Pará em relação a março  do ano passado. Em 2018, o número correspondeu a 12 ocorrências. Neste ano, seis ocorrências foram registradas.

Na contagem de roubos, o Pará teve redução de 34%, com 3.464 casos a menos registrados em março deste ano. Os registros apontam 10.131 ocorrências em março de 2018, e 6.667 em março de 2019. Também é a segunda melhor taxa de redução de roubos quando de comparam todos os meses de março, desde 2010.

Dentro desses números, os roubos a transeuntes tiveram redução de 36% em todo o Pará, com 8.455 casos em março de 2018 e 5.425 em março de 2019. O resultado foi a diminuição de 3.060 ocorrências.

Já os dados de roubos a veículos apresentaram diminuição de 61%. Foram 729 casos em março de 2018 e 285 casos em março de 2019.

Os roubos a coletivos tiveram redução de 65%. Nos meses de março de 2018 e 2019, o Pará computou 156 (em 2018) e 55 ocorrências (em 2019), respectivamente, apresentando diminuição de 101 casos.

No comparativo dos números acumulados de 1º de janeiro a 31 de março dos anos de 2018 e 2019, foram computados 30.251 roubos em 2018. Já em 2019, as ocorrências reduziram para 21.411 registros. Isso aponta diminuição 29% nas ocorrências de roubos no Pará, ou seja, 8.840 roubos a menos.

O balanço da Segup traz também os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Os dados gerais de homicídios, latrocínios e lesão corporal seguida de morte tiveram redução de 18% nos casos. Em março de 2018, foram 299 ocorrências registradas. No mesmo período de 2019, foram 246 ocorrências - 53 crimes a menos.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA