Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Preso suspeito de esfaquear esposa e abandonar corpo em frente ao PSM de Castanhal

De acordo com a polícia, ele esfaqueou a companheira Nayane Silva de Jesus, de 26 anos, com quem vivia.

Patrícia Baía

Magno Antônio Pinheiro de Lima, de 36 anos, foi preso enquanto dormia na casa de sua mãe, na manhã desta segunda (6), no bairro do Heliolândia, periferia de Castanhal, no nordeste do Pará. De acordo a polícia, ele esfaqueou a companheira Nayane Silva de Jesus, de 26 anos, com quem vivia, golpeando-a nas costas. O feminicídio ocorreu por volta de 1h30 madrugada do domingo (5).

O suspeito deixou a mulher esfaqueada no pronto-socorro do bairro Jaderlândia e em seguida fugiu. A vítima ainda estava viva quando deu entrada na unidade hospitalar.

VEJA MAIS

Mulher esfaqueada é deixada para morrer em PSM de Castanhal
Nayane Silva de Jesus, 26 anos, foi deixada no Pronto Socorro Municipal do bairro do Jaderlândia, periferia da cidade, por uma pessoa não identificada

Servidora é morta dentro do próprio apartamento; principal suspeito é preso
A vítima, Silvanilde Ferreira Veiga, foi esfaqueada em um condomínio de luxo em Manaus

Mulher é esfaqueada pelo ex-companheiro na frente da própria mãe em Ananindeua
Vítima foi atingida principalmente na região da cabeça. Agressor, identificado como Francisco da Silva e Silva, de 44 anos, fugiu após o crime.

De acordo com o Coronel Galhardo, do 5º Batalhão de Polícia Militar, um parente do acusado foi quem forneceu informações sobre o seu paradeiro.

“Quando chegamos na casa indicada, a própria mãe abriu a porta e nos levou até onde ele dormia. Ele negou que tivesse cometido o feminicídio, mas testemunhas já tinham dito que elehavia sido o autor das facadas. E por meio do depoimento dessas testemunhas a delegacia da mulher pediu a preventiva dele”, contou.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA