Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia faz buscas por homem que golpeou esposa a facadas em Nova Ipixuna

A vítima teve um dedo da mão decepado, sofreu cortes profundos na cabeça, as costas ficaram com ferimentos enormes e o pescoço por pouco não foi decepado

O Liberal

Luciano Sousa, de 22 anos, está sendo procurado pela polícia desde a tarde da última terça-feira (31), quando ele desferiu diversas facadas em sua companheira, Cristiane Marques da Silva. O crime ocorreu na cidade de Nova Ipixuna, no sudeste do Pará.

VEJA MAIS

Jovem desfere mais de oito facadas no próprio irmão em Marabá
A vítima foi socorrida para o Hospital Municipal de Marabá (HMM), onde permanece internada em estado grave

Homem é preso suspeito de matar a própria mãe com mais de 40 facadas
Câmeras de seguranças registraram o momento em que idosa é assassinada

Mulher é morta a facadas e suspeito é o companheiro dela
Conhecida como "Loura", a vítima morreu na própria casa. Polícia suspeita de feminicídio

Segundo publicação do site Debate Carajás, a vítima teve um dedo da mão decepado, sofreu cortes profundos na cabeça, as costas ficaram com ferimentos enormes e o pescoço por pouco não foi decepado.​ ​Cristiane Silva sofreu cortes nos joelhos, tornozelos e braços. De acordo com informações da Polícia Militar, a mulher vivia um relacionamento abusivo e as agressões eram constantes, mas ela não denunciava o companheiro.

Cristiane Silva foi levada às pressas para o Hospital Municipal de Nova Ipixuna (HMNI), onde recebeu o primeiro atendimento médico. O estado de saúde dela é grave e, de acordo com amigos e familiares, a vítima necessita de uma transferência com urg​​ência para o Hospital Regional do Sudeste do Pará (HRSP), na cidade de Marabá.

Segundo a Polícia Militar local, Luciano Sousa cumpriu medida socioeducativa várias vezes no Centro de Internação de Adolescentes Masculinos (Ciam). O rapaz é conhecido por ser uma pessoa fria e perigosa. A PM foi acionada, mas ao chegar ao local do crime, avistou o suspeito fugindo para uma área de mata. A polícia realiza diligências, porém Luciano ainda não foi preso.

Informações que ajudem as autoridades policiais a localizar o paradeiro de Luciano podem ser repassadas à Central do Disque-Denúncia, por meio do telefone fixo e WhatsApp (94) 3312-3350, ou pelo aplicativo do Disque Denúncia Sudeste do Pará disponível para iOS e Android.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA