Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

PMs que agrediram dupla no bairro Val-de-Cans são afastados e investigados

A pedido do promotor de Justiça Militar Armando Brasil, um Inquérito Policial Militar (IPM) deverá ser instaurado para apurar a conduta dos agentes

O Liberal

​Os policiais militares do 1º Batalhão, que foram flagrados agredindo dois homens durante uma abordagem realizada no último sábado (2), no bairro Val-de-Cans, em Belém, já foram identificados e afastados, informou, nesta quarta-feira (6), a Polícia Militar do Pará. A pedido do promotor de Justiça Militar Armando Brasil, um Inquérito Policial Militar (IPM) deverá ser instaurado para apurar a conduta dos agentes.

VEJA MAIS

Policial militar é baleado, reage e mata suspeito de cometer assaltos em Altamira
Caso aconteceu na avenida Tancredo Neves. O policial Luís Victor Bezerra Borges foi socorrido e segue internado

Motorista com sinais de embriaguez tenta atropelar policiais militares e é preso no Pará
Os PMs foram atender a uma ocorrência de perturbação do sossego e encontraram o condutor, que reagiu de forma agressiva à abordagem policial. Um militar ficou ferido.

Policial militar é preso por tentativa de duplo homicídio, no Pará
O militar é acusado de atirar em duas pessoas, em Breu Branco

​​Registros do caso dão conta de que os PMs abordam os homens e desferem vários socos contra eles, no momento em que são conduzidos para dentro da viatura. Não há informações sobre o motivo da confusão. Um terceiro homem apareceu com uma arma em mãos. Os policiais teriam justificado que não o abordaram, porque se tratava de um ex-militar. Para o promotor Armando Brasil, esse fato também precisa ser investigado, pois os PMs deveriam apurar a legalidade da arma que o cidadão portava.

Procurada pela reportagem, a PM confirmou que “um procedimento administrativo será instaurado para apurar o caso”. A instituição reforçou que não compactua com desvios de conduta de seus integrantes.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA