Plano de facções criminosas era repetir no Pará ataques similares aos ocorridos no Ceará, diz Susipe

Segundo Jarbas Vasconcelos, transferência frustrou motim, ataques simultâneos a locais públicos e assassinatos de policiais

Redação Integrada

O secretário extraordinário para assuntos penitenciários, Jarbas Vasconcelos, confirmou nesta sexta-feira (21), em entrevista ao Jornal Liberal 1ª edição, que presos ligados a facções criminosas pretendiam impor a Belém ataques similares aos ocorridos contra Fortaleza (CE) neste início de 2019. Uma transferência de 30 detentos para presídios federais, realizada nesta manhã, é parte de uma série de ações que frustraram também um motim que seria realizado no Complexo de Americano, em Santa Izabel, durante o feriado de Corpus Christi. Ataques simultâneos a locais públicos e assassinatos de policiais militares também estavam nos planos dos criminosos, confirmou a Susipe. 

LEIA MAIS:
- Pará já tem o maior número de detentos transferidos para presídios federais
Susipe divulga lista dos líderes de facções transferidos para presídios federais
Pará transfere 30 presos de lideranças de facções criminosas para presídios federais
- Túnel que seria usado em fuga é encontrado durante revista no CRRP I

ATAQUES E ASSASSINATOS

Segundo o titular da Susipe, o plano dos presos tranferidos, ligados a duas grandes facções criminosas, uma delas o Comando Vermelho, era repetir no Pará algo semelhante ao ocorrido no Ceará, em janeiro deste ano, quando foram registrados mais de 150 ataques a presídios, prédios públicos e bancos. "[Seria] um ataque que deixaria em pânico a nossa população como deixou a do Ceará. Com essa transferência esperamos isso esteja superado. Esses 30 [transferidos], livres, são os que mandam matar policiais e fazer as execuções mais bárbaras que a gente assiste, lamentavelmente, no nosso cotidiano". 

A partir das informações obtidas pelo serviço de inteligência da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado Pará (Susipe), a operação foi montada para debelar as ações do grupo. Confira a lista dos 30 presos transferidos.

REVISTAS

Entre segunda (17) e terça-feira (18) uma série de revistas foi realizada em unidades prisionais da Região Metropolitana de Belém (RMB). Em uma delas, na segunda-feira, foi descoberto um túnel de 30 metros e sete metros de profundidade no pavilhão 5 do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará I (CRPP I), em Santa Izabel.

Segundo a superintendência, o túnel seria usado para a fuga de pelo menos 400 presos. Veja imagens abaixo.

Durante a revista foram encontrados 68 aparelhos celulares, 86 carregadores, 104 estoques, 500 g de maconha, 4 serras, 3 terezas (cordas), 2 máquinas de fazer tatuagem, 8 baterias, 2 grills e 26 fones de ouvido, 22 chips, 1 computador, 1 impressora e outros itens proibidos. Na ocasião, houve transferência de presos classificados como lideranças dentro do cárcere. Outros 32 detentos também foram encaminhados para isolamento, segundo a Susipe.
 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA