Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

PF deflagra operação e cumpre mandados contra grupo investigado por tráfico internacional, no Pará

Seis mandados de busca e apreensão e dois de prisão foram cumpridos em Ananindeua, Benevides e Abaetetuba

Redação Integrada

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta terça-feira (20), em Ananindeua, Benevides e Abaetetuba, dois mandados de prisão preventiva e seis de busca e apreensão contra integrantes de um grupo criminoso dedicado ao tráfico internacional de drogas, identificado como responsável por 381 quilos de cloridrato de cocaína apreendidos pela PF em Mosqueiro, no dia 17 de julho de 2019. A ação faz parte da Operação "Goblin".

Durante as investigações, a polícia observou que a associação criminosa utilizava um aplicativo de criptografia de alto nível para tratar sobre atividades ilícitas, fazendo uso também de um complexo sistema de financiamento ao tráfico de drogas que movimentou mais de R$ 89 milhões.

Além da colheita de novos elementos de informações durante o cumprimento dos mandados judiciais, a Operação "Goblin" logrou êxito no deferimento judicial de medidas de sequestro de bens móveis e imóveis avaliados aproximadamente em R$ 22 milhões, referentes a prédios, casas, cotas de apartamentos em resorts de luxo, entre outros.

A PF informou que os valores sequestrados serão destinados aos cofres públicos para implementação de políticas públicas voltadas especialmente a projetos de reaparelhamento e custeio das atividades de fiscalização, controle e repressão ao uso e ao tráfico ilícito de drogas, assim como programas de prevenção, atenção, cuidado, tratamento e reinserção social de usuários de drogas.

Confirmada a hipótese criminal investigada no inquérito policial, os autores responderão pelos delitos capitulados nos artigos 33, 35, caput e parágrafo único, 36 c/c 40, I, todos da Lei 11.343/06 c/c art. 69 do Código Penal.

O nome da operação refere-se a uma lenda colombiana, a qual faz alusão a um anjo que foi expulso do sono com a punição de andar pelos campos da terra, persuadindo jovens e adultos e provocando pesadelos, sonambulismo, raiva, perdimento de coisas, levando-os a vagar sem rumo. A alusão ao nome "Goblin" está ligada diretamente aos efeitos nocivos que a cocaína causa sobre o ser humano.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA