logo jornal amazonia

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: DNA comprova que corpo é da menina Sofia Loren, diz família

Família vem a Belém para a liberação do corpo nesta terça-feira, 18, e deve voltar para Salvaterra na quarta, 19, para realizar o velório

Camila Guimarães
fonte

Familiares de Sofia Loren, última vítima procurada entre os passageiros da lancha 'Dona Lourdes II', naufragada desde o dia 8 de setembro na Baía do Marajó, próximo à Ilha de Cotijuba, vêm a Belém nesta terça-feira, 19, para buscar o corpo da criança que teve a identidade confirmada após o resultado do exame de DNA. Eles dizem ter sido informados de que os exames comprovaram a identidade da criança após o naufrágio na Ilha de Cotijuba.

Segundo Raimunda dos Santos, mãe de Sofia, a confirmação do resultado positivo do DNA foi foi feita à família na segunda-feira, 17, por isso, hoje, a família vem a Belém para fazer a liberação do corpo.

"A gente já sabia que seria o corpo dela, o exame só deu a confirmação. Agora a gente está indo lá para o Renato Chaves buscar o corpo e amanhã voltamos para Salvaterra", relata Raimunda.

VEJA MAIS

image Naufrágio na Ilha de Cotijuba: família de criança desaparecida vem a Belém para reconhecer corpo
Sofia Loren, de 4 anos, é a última pessoa da lista de reclamados. Na última segunda-feira, 3, as buscas chegaram ao 26º dia

image Naufrágio na Ilha de Cotijuba: família continua em busca por menina de 4 anos
De acordo com Ataide Souza do Amaral e Raimunda Nazaré do Nascimento dos Santos, o pai e a mãe da menina, ambos querem apenas encontrar a filha.

image Naufrágio na Ilha de Cotijuba: pescadores que salvaram vítimas recebem medalha em Belém
Os pescadores José Learte Lemos, José Cardoso Lemos, José Carlos Santiago Lemos e Rubson Alexandro Lemos receberam a medalha da Ordem do Mérito Grão-Pará Grau Cavaleiro. Eles salvaram 50 vítimas de naufrágio que ocorreu dia 8 de setembro

O corpo da menina foi localizado após quase um mês de buscas desde o naufrágio, em uma praia próximo ao município de Abaetetuba, nordeste do Estado. No dia 4 de outubro, o corpo foi trazido a Belém para passar por perícia e exame de DNA.

Raimunda dos Santos informa que o sepultamento de Sofia será realizado no próximo dia 20 de outubro, quinta-feira, na cidade de Salvaterra, no Marajó. Ela ainda não tem detalhes de horário e local do sepultamento, mas expressa gratidão a todos que se preocuparam e torceram para que o corpo da filha fosse localizado.

O corpo de Sofia era o último do reclame de pessoas procuradas por familiares da Secretaria de Segurança Pública e Defesa do Pará (Segup). A procura por ela se extendeu por mais de 20 dias, tempo ao longo do qual mergulhadores do Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA) fizeram uma série de imersões nas águas da Baía do Marajó para vistoriar o interior da emabarcação naufragada.

Com o reconhecimento do corpo de Sofia, agora o naufrágio passa a contabilizar, no total, 66 sobreviventes e 23 mortos (13 mulheres, seis homens e quatro crianças).

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA