Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mulher é presa após suposto roubo de bolsa família de ‘amiga’ no Jurunas, em Belém

Ela responde pelo crime de estelionato

O Liberal

Uma mulher, identificada como Gysele Moreira Cardoso, foi presa em flagrante, na última terça-feira (16), sob suspeita de estelionato no bairro do Jurunas, em Belém. Ela teria transferido o valor do Auxílio Brasil, o antigo bolsa família, da conta da vítima, de quem dizia ser amiga, para uma terceira conta.

VEJA MAIS

‘Golpe do Tinder’: Câmara aprova projeto que criminaliza o estelionato sentimental
Matéria altera o Código Penal e estabelece como crime a promessa sobre uma relação afetiva em troca da entrega de valores ou bens pela vítima

Bruno Krupp foi preso por morte de estudante
Brutalidade do acidente chocou testemunhas e web. Influenciador também responde processo de estupro e estelionato.

Polícia Civil prende homem que enganou 30 vítimas e causou prejuízo de R$ 400 mil
Ele emitia falsos documentos de arrecadação de tributos federais. O prejuízo causados às vítimas é de R$ 400 mil

Segundo informações da Polícia Civil, a vítima denunciou o caso após perceber a movimentação estranha na sua conta via o aplicativo do banco. Através da investigação, a PC constatou que a suspeita tinha entrado com login e senha da vítima para efetivar a transferência bancária. 

Ainda de acordo com o que foi divulgado pela polícia, Gysele teria manipulado a vítima e a terceira pessoa, de quem dizia ser amiga, para conseguir as informações das contas e concretizar o plano. A acusada confessou o crime e está à disposição da justiça.

 
Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA