Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Levaram pra comer', diz síndico de condomínio sobre pirarucu morto a pauladas

Moradores envolvidos na ação já foram identificados e punidos administrativamente

O Liberal

Durante entrevista concedida à reportagem de O LIBERAL, a administração do condomínio Lago Azul afirmou que, depois de matarem a pauladas e golpes de enxada o pirarucu de aproximadamente 200 kg, os moradores envolvidos na ação contra o animal, no último domingo (23), repartiram o peixe entre si e “levaram pra comer”, afirmou o síndico do local, que prefere não ter seu nome divulgado.

VEJA MAIS

Condomínio onde pirarucu foi morto a pauladas tem 7 dias para apresentar licenças
Semas informou que o local foi notificado após peixe da espécie pirarucu ser alvo de agressão por um grupo de moradores

"Violência e brutalidade", critica zoólogo sobre golpes de enxada que mataram pirarucu
De acordo com o zoólogo Alberto Akama, a pesca excessiva e a destruição dos habitats são os fatores de risco para a sobrevivência da espécie

Ainda segundo ele, de forma arbitrária, o pirarucu foi içado de dentro do lago do condomínio, que não serve como reserva de peixes, nem cativeiro. Na área, a pesca é proibida, e há uma placa sinalizando “Pesque e solte”, o que não foi respeitado pelos moradores no dia do ocorrido.

Deputado defensor dos animais solicita investigação sobre morte brutal de pirarucu
O deputado estadual do Pará Igor Normando disse que está acionando vários órgãos competentes, como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama)

De acordo com um morador do condomínio, que também não quis ter identidade revelada, a administração do Lago Azul já identificou e puniu, administrativamente, os moradores envolvidos na morte do pirarucu. A infor​​mação foi confirmada pelo síndico, que explicou ainda que a punição consiste em multas que variam de R$ 1.350,00 (valor do condomínio) a R$ 13.500,00.

Polícia Civil investiga condomínio de luxo onde moradores mataram pirarucu a pauladas no Pará
Na manhã desta terça-feira (25), policiais da Demapa compareceram ao Condomínio Lago Azul com objetivo de apurar um suposto caso de maus tratos de animais

As investigações do caso estão sendo conduzidas pela Polícia Civil, através da Delegacia de Meio Ambiente e Proteção Animal (Demapa), e pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas).

Pirarucu é morto a pauladas por moradores de condomínio de luxo Lago Azul, em Ananindeua
As cenas causaram revolta nas redes sociais

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA