Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Lavrador atacado por onça no Marajó chega a Belém nesta terça-feira (9)

A Sespa já garantiu uma vaga no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência para atendimento do senhor Pedro Vaz, que está com o rosto desfigurado e com a perda de visão

O Liberal

O lavrador Pedro Vaz, de 67 anos, atacado por uma onça pintada no município de Portel, região do arquipélago do Marajó, chegou a Belém na manhã desta terça-feira (9). Ele foi transferido após a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) garantir um leito para atendimento. A vítima do ataque animal está com o rosto desfigurado e está com parte da visão comprometida. A onça foi assassinada e a Polícia Civil investiga o caso.

VEJA MAIS:

Onça-pintada é morta horas depois de atacar lavrador, no Marajó Polícia Civil deve investigar o caso

Lavrador atacado por onça no Marajó é transferido para hospital em Belém Pedro Vaz Ferreira, de 67 anos de idade, teve o rosto parcialmente desfigurado pelo felino

Pedro chegou ao porto Rei Salomão, na avenida Bernardo Sayão, por volta de 8h. Uma ambulância foi usada para que ele fosse transferido e atendido. Ele deve passar por cirurgias no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua. O estado do lavrador é grave devido aos ferimentos causados pela onça.

Lavrador de 67 anos é atacado por onça-pintada em Portel, no Marajó, neste domingo (7) Vítima está com rosto desfigurado e aguarda transferência para hospital em Belém, segundo familiares

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA