Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Jornalista Guilherme Barra morre aos 80 anos em Belém

Guilherme foi retirar um nódulo pulmonar e acabou contraindo uma pneumonia. Ele não resistiu e morreu.

O Liberal

jornalista Guilherme Barra, 80 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira (1º) após complicações de uma cirurgia para remover um nódulo pulmonar. Segundo a família, Guilherme contraiu uma pneumonia no pós-operatório, mas não resistiu e morreu. O velório está sendo realizado na capela Max Domini, na avenida José Bonifácio, bairro do Guamá, e vai até às 15h30. Yasmin Barra disse que o cortejo vai sair da José Bonifácio com destino ao Max Domini de Marituba, onde o corpo será cremado. Os parentes disseram que Guilherme teria descoberto o câncer de pulmão há dois meses.

VEJA MAIS

Morre o jornalista Celso Freire, referência do radiojornalismo na Amazônia
Profissional do Grupo Liberal, o mais premiado jornalista do Norte do Brasil, faleceu na madrugada desta quarta-feira (24)

Amante do Clube do Remo, o jornalista não escondia sua paixão e a felicidade da conquista do 47º título do Campeonato Paraense pelo time azulino no Estádio da Curuzu, em abril deste ano.

 Em algumas fotos compartilhadas nas próprias redes sociais, ele também adorava registrar o pôr do sol em Belém, com vista para a Baía de Guajará. Guilherme foi presidente do Sindicato de Jornalistas no Estado do Pará (Sinjor-PA) entre anos de 1984 a 1987. Ele ocupou o cargo de diretor de jornalismo do Diário do Pará por mais 20 anos e também atuou no jornal Província do Pará. 

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA