Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homicídio no Jurunas: duas pessoas são baleadas próximo a um lava-a-jato

Caso ocorreu na travessa Honório José dos Santos. O outro homem baleado foi socorrido, mas não tinha a ver com o jovem que morreu

O Liberal

Duas pessoas foram baleadas, no final da manhã deste sábado (25), no bairro do Jurunas, em Belém. Uma das vítimas não resistiu e morreu no local e foi identificado como Luan Emanuel Cereja Cunha, de 22 anos. Outra pessoa, que estava em um bar próximo ao local e não tinha ligação com Luan, foi atingido também e conseguiu fugir. O caso ocorreu na travessa Honório José dos Santos, entre as ruas dos Timbiras e dos Caripunas, no mesmo lava-a-jato onde um lavador de carros foi assassinado na noite de sexta-feira (24).

VEJA MAIS

Lavador de carros é executado com 13 tiros no bairro do Jurunas, em Belém
A informação foi confirmada pela Polícia Científica do Pará (PCP), que foi acionada para realizar a perícia no local do crime e posterior remoção do cadáver

Dupla executa mulher a tiros e deixa outra ferida no sudoeste do Pará
Testemunhas disseram que dois homens em uma motocicleta atiraram contras as vítimas. Jessica morreu dentro do quarto de uma casa em uma vila de aluguel, localizado na parte leste da cidade

A Polícia Científica do Pará foi acionada para analisar a cena do crime. Policiais civis e militares iniciaram diligências para identificar os suspeitos do crime. Uma cápsula de munição calibre 380 foi recolhida no local.

Tenente Agrassar, do 20º Batalhão da Polícia Militar, disse que as informações preliminares são de que ocupantes de um carro modelo Hyundai HB20 de cor preta teriam efetuado disparos contra a vítima. As autoridades não souberam informar quantas pessoas estavam no veículo. Porém, populares dizem que os disparos foram feitos por dois homens em uma moto, contrariando as informações dos policiais.

Após a perícia no local do crime, a Polícia Científica do Pará aponta que Luan recebeu sete tiros de duas armas diferentes, sendo uma ponto 40 e outra 380. Dois ele recebeu a distância, enquanto tentava fugir. Os demais foram bem próximos ao corpo. Havia ferimentos na cabeça, tórax e costas.

 

Dois homicídios em menos de 24 horas no mesmo lugar

O homem que morreu nesta tarde, como apontam populares, trabalhava no mesmo lava-a-jato onde morreu o lavador de carros Ilbernam Cardim, assassinado a tiros no final da noite de sexta-feira (24). Ele foi reconhecido pela tatuagem na perna esquerda. Ainda não há confirmações de que os crimes estejam relacionados, mas já é o segundo funcionário do estabelecimento executado em menos de 24 horas.

Muitos moradores da área estão assustados e não querem nem mesmo comentar, de forma anônima, sobre a sensação de insegurança devido aos dois crimes num curto período.

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso podem ser encaminhadas ao Disque-Denúncia (181). A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Em ambos os casos, não é necessário se identificar.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA