Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dupla executa mulher a tiros e deixa outra ferida no sudoeste do Pará

Testemunhas disseram que dois homens em uma motocicleta atiraram contras as vítimas. Jessica morreu dentro do quarto de uma casa em uma vila de aluguel, localizado na parte leste da cidade

O Liberal

Uma mulher foi morta a tiros na noite desta sexta-feira (24), no município de Uruará, região sudoeste do Pará. Ela foi identificada apenas como Jéssica. Outra mulher também foi alvejada com três tiros superficiais e encaminhada para o hospital. Entretanto, seu estado de saúde não foi divulgado.  As informações são do Native News Carajás. 

Testemunhas disseram que dois homens em uma motocicleta atiraram contras as vítimas. Jessica morreu dentro do quarto de uma casa em uma vila de aluguel, localizado na parte leste da cidade. Ela caiu e morreu dentro do banheiro. Os suspeitos fugiram após o crime. Ainda não se sabe o que poderia ter motivado o crime. 

Suspeita do crime ter relação com a morte do companheiro de Jéssica

A Polícia Militar informou que Jéssica era companheira do jovem David Menezes de Alencar, 19 anos. Ele foi executado com quatro tiros no dia 12 deste mês no Mercado Municipal de Uruará. David tinha vindo do município de Trairão, também no sudoeste do Pará, para buscar a Jéssica e o filho de 8 meses. 

No entanto, os policiais não descartam a possibilidade de a execução estar relacionada ao assassinato do companheiro. O caso segue investigação pela Polícia Civil.

A redação integrada solicitou mais informações para as policiais Civil e Militar sobre o crime e aguarda retorno.

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA