Homicídio e tentativa de homicídio são registrados contra pai e filho em Castanhal

Criminosos chegaram de moto e estavam vestidos todos de preto

Redação Integrada

Dois homens, ainda não identificados, são acusados de um homicídio e uma tentativa de homicídio na madrugada desta quarta-feira (04) na rua Paulo Roberto Brandão, em Castanhal. Segundo relatório da Superintendência Regional da Zona do Salgado, onde o caso foi registrado, os dois acusados chegaram de moto e estavam vestidos todos de preto quando arrombaram uma residência localizada no endereço citado e efetuaram quatro disparos de arma de fogo contra Antônio Diego Silva da Mota, de 21 anos, que morreu no local. Em seguida, os assassinos seguiram para o quarto do pai da primeira vítima, Antônio José Mota, e efetuaram mais dois disparos. Ele foi socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Não há informações sobre seu estado de saúde. Após a ação criminosa, os acusados fugiram em uma moto. 

Porta da casa foi arrombada pelos criminosos (Ascom Polícia Civil)

De acordo com informações da irmã da vítima morta, que não será identificada por questões de segurança, seu irmão e seu pai nunca foram presos e não se envolviam com crimes. Um levantamento nos sistemas Infopen e Galton mostraram que a vítima morta não tinha passagens pela polícia, mas seu pai respondia um inquérito policial, instaurado em 2010, por violação ao artigo 217-A do Código Penal, que diz respeito a ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos, com penalidade de oito a 15 anos de reclusão.

Ainda não há quaisquer informações sobre a identidade dos possíveis assassinos e/ou motivação do crime.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA