Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

No Pará, homem vai até a delegacia, urina na parede, risca viatura da polícia, filma e posta

O homem escreveu o próprio nome em uma das viaturas com uma chave de fenda

Andria Almeida

Delegacia de Polícia Civil de Santarém, no oeste do Pará, foi cenário de um ato criminoso de danos ao patrimônio público. Um homem chegou à 16ª Seccional de Polícia Civil, urinou na parede da área externa e em seguida escreveu o próprio nome em uma das viaturas, com uma chave de fenda. O suspeito postou toda a ação no perfil de uma rede social e agora repercute pela situação inusitada.

Na rede social, onde os vídeos foram postados, o homem assina com o nome Paulo Onofre. Ele se mostra chegando até a delegacia enquanto narra que só foi até o local para dar uma “mijada” na lateral do prédio. "Estou aqui na delegacia da superintendência de polícia, sei lá, só vim aqui dar uma 'mijada' mesmo. Então é isso”, fala no vídeo.

VEJA MAIS

Suspeito de pichar 'CV' em viatura morre em troca de tiros com a polícia
O ataque ocorreu no momento em que policiais civis estacionaram o veículo para realizar um atendimento

Mulheres posam de biquíni em viatura da polícia; caso é investigado
O carro teve a placa coberta quando as imagens foram feitas

PMs ligam sirene de viatura para fugir do trânsito e comprar sorvete
Procedimento administrativo foi aberto na corregedoria para investigar o caso.

Na outra gravação o homem mostra a parede onde urinou e fala. “Pronto, já dei uma mijada, estava apertado. Bando de sacana, corrupto do cara***. Ainda tenho esperança de que tenha muita gente boa, mas o alto escalão é tudo um bando de desgraçado maldito. É isso, estou aqui em Santarém”, exibiu-se.

O homem continua o vídeo, mas na frente de uma viatura da polícia. Com uma chave de fenda, ele risca o veículo.

“Achei uma viatura do bombeiro (...) Só vou causar um risquinho”, narrou.

Na sequência o homem escreve o nome na viatura e tenta quebrar o retrovisor chutando, mas não consegue.

Antes das postagens, ele gravou um vídeo onde mostra o rosto e pede desculpa pelos atos que pretende cometer. “Eu queria pedir desculpa por antecedências, eu não queria fazer isso, mas a minha luta é meio contra o estado e vocês devem saber, né. Se achar ruim, me coloque na cadeia ou me mate”, desafiou.

Os vídeos foram postados em dias diferentes na rede social do homem. A última postagem foi feita há três dias.

A polícia informou que o homem que praticou o ato ainda não foi identicado e que está investigando o caso.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA