Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem é preso acusado de estuprar a enteada de onze anos, em Placas

Abusos teriam começado quando a menina tinha nove anos

O Liberal

Na tarde da última segunda-feira, 11, um homem foi preso em Placas, mesorregião do Baixo Amazonas paraense, pelo crime de estupro de vulnerável. O homem foi acusado de ter abusado sexualmente da própria enteada, uma menina de onze anos.

A Polícia Civil tomou conhecimento do fato no último dia 05, por meio de denúncia de familiares da vítima. Imediatamente, foi instaurado o inquérito para apurar o caso e testemunhas, foram ouvidas, assim como a criança, que passou por escuta especializada. Com base nesses indícios, foi requisitada ao Poder Judiciário a prisão do suspeito, que foi deferida pelo pelo Poder Judiciário de Uruará.

Ao telefone, o 69º Pelotão Destacado da Polícia Militar em Placas informou que por volta das 13h30, uma guarnição foi acionada pelo delegado de Polícia Civil do município para prestar apoio a um cumprimento de mandado de prisão preventiva contra o homem de 31 anos, residente no Travessão do São Paulo, comunidade às margens da rodovia BR-230, a Transamazônica, que fica a aproximadamente 43 km do centro da cidade de Placas.

Chegando ao endereço, a polícia fez o cerco nas imediações da casa e anunciou sua presença para o acusado, que se entregou sem emboçar reação. Foram feitas buscas no interior da residência, onde a polícia localizou uma espingarda de calibre 16, sem registro. O acusado e a arma de fogo foram conduzidos para apresentação na Delegacia de Polícia Civil de Placas para a realização dos procedimentos cabíveis. 

Os abusos teriam começado quando a menina tinha nove anos de idade e, atualmente, ela decidiu contar ao familiares. O padrasto segue preso na Unidade Policial de Placas, mas deve ser encaminhado para o Presídio de Altamira.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA