Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem é atropelado e morre na avenida Independência, em Ananindeua

Condutor de um veículo doméstico fugiu sem prestar socorro à vítima de 40 anos

Redação Integrada

Um homem de 40 anos morreu atropelado na avenida Independência, na esquina da passagem Lisboa em Ananindeua, na Grande Belém. O acidente ocorreu por volta das 15h40 deste domingo (29), entre o trecho que compreende a avenida Augusto Montenegro e a rodovia Mário Covas.

Segundo informações do sargento Guerreiro da Polícia Militar, o acionamento por meio do Centro Integrado de Operações (CIOp) ocorreu às 16h30. Ainda de acordo com o militar, o veículo doméstico que atingiu a vítima tinha como destino a Seccional da Marambaia. Entretanto, questionado se tratava-se de um carro oficial ou doméstico ou ainda sobre mais informações a respeito do condutor, o sargento disse não saber mais detalhes sobre o caso.

Irmão da vítima, Aluizio Diogo de Souza, 52 anos, contou que o familiar teria saído às 15h30 para comprar uma farinha e não retornou mais. Ele também reclamou do perigo no trecho, que não conta com sinais de trânsito ou outro tipo de fiscalização e já foi palco de diversos acidentes. Segundo Aluizio, um carro doméstico teria sido o causador do acidente. O motorista do veículo seguiu sem prestar socorro para a vítima.

A vítima deixa dois filhos, um de seis e outro de 18 anos, além da esposa e mais quatro irmãos.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado por volta das 16h30 para remoção do corpo da vítima. Já as equipes do Centro de Perícias (CPC) Renato Chaves foram acionados às 17h15 para realizar a perícia no corpo da vítima e tentar identificar o que causou o óbito.

Horas antes, outra familia chorou a morte de um familiar no bairro do Benguí. Desta vez, a vítima foi Lucas de Castro, de 22 anos.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA