Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Golpista do Tinder' do Pará é preso após tirar R$ 100 mil de vítima em Parauapebas

O estelionatário usava o aplicativo de relacionamento para pedir dinheiro a mulheres

Flávia Barros / Especial para O Liberal

A 20ª Seccional Urbana da Polícia Civil de Parauapebas, prendeu em flagrante o golpista do Tinder do Pará. O homem identificado com Anderson Alecrim Santana, 41 anos, é acusado de utilizar o aplicativo de relacionamento para tirar dinheiro das vítimas. A informação é do portal Zé Dudu.

Na noite da última sexta-feira (4), Anderson foi preso após uma de suas vítimas denunciar a prática do acusado à polícia. Segundo a mulher que se envolveu com Anderson por meio do aplicativo, ele chegou a tirar dela a quantia de 100 mil reais.

Durante o relacionamento, o acusado pedia dinheiro a mulher, que cedia e entregava cada vez mais a ele, chegando a fazer empréstimos bancários para suprir a necessidade do namorado virtual. Segundo a vítima, após não ter mais condições de manter as necessidades de Anderson, procurou auxílio do irmão, que a orientou procurar a polícia, pois poderia estar sendo vítima de um golpista.

VEJA MAIS

Mulher conhecida como 'golpista do Tinder' brasileira é presa e ainda debocha de vítimas
Mulher de 27 anos aplicava golpe em homens mais velhos pelo aplicativo de relacionamento

'Golpista do Tinder' sofre golpe na internet e perde R$ 34 mil
Simon Leviev, o 'Golpista do Tinder', pagou cerca de R$ 34 mil para um casal que prometia conta verificação no Instagram

Vítimas do 'Golpista do Tinder' recorrem a vaquinha virtual para quitar dívidas
Meta é conseguir R$ 4,2 milhões para compensar prejuízo

Na delegacia, a vítima mostrou os comprovantes de transferências bancárias feitas para Anderson Alecrim, totalizando o valor de R$ 100 mil. 

Foi aberto o boletim de ocorrência e os policiais chegaram a mais vítimas do Dom Juan do Tinder. Uma delas era  proprietária de uma loja de eletrônicos, onde Anderson deixou o rombo de mais de R$ 20 mil em equipamentos, mas só pagou uma parte enviando à proprietária recibos fraudados de depósito para informar que havia feito todo o pagamento dos objetos. Os aparelhos foram recuperados e devolvidos à vítima.

 O Acusado foi denunciado pelos crimes de estelionato, e está aguardando audiência de custódia, quando a Justiça decidirá sobre seu destino. A polícia solicita a outras mulheres que tenham sido enganadas pelo falso apaixonado, que procurem a delegacia para também denunciá-lo. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA