Foragido é morto pela polícia em ponto de venda de drogas na Sacramenta

"Boneca" foi baleado em troca de tiros com agentes da Denarc na passagem Mirandinha

Redação Integrada

Uma ação deflagrada pela Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) no bairro da Sacramenta, em Belém, terminou com a morte de Cristiano dos Santos Vilhena, de 32 anos, na tarde desta sexta-feira (15). Ele foi morto durante abordagem a um ponto de venda de drogas, após ter disparado contra os policiais.

O caso ocorreu por volta de 14h, na passagem Mirandinha, à esquina da passagem Santos, perto do Canal São Joaquim. Cristiano, também chamado de "Cicatriz" e "Boneca", era foragido do sistema penitenciário. Ao entrar no imóvel que servia como ponto de venda de entorpecentes e avistar os policiais, ele tentou fugir acessando o andar superior da casa, sendo seguido pelos policiais.

Ao chegar no segundo andar, os agentes foram surpreendidos pelos tiros disparados por Cristiano. No revide, ele acabou atingido e e ainda chegou a ser levado pelos próprios policiais ao Hospital de Pronto-Socorro Mário Pinotti, na travessa 14 de Março. Mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Além da arma de fogo usada por Cristiano, foram apreendidos no local vários invólucros de entorpecente e apetrechos usados no preparo e venda da droga.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!