logo jornal amazonia

Ex-presidiário é morto a pauladas e facadas três dias depois de sair da prisão em Marabá

De acordo com a polícia, a vítima tinha passagens pelos crimes de roubo, violência doméstica e tráfico de drogas

O Liberal
fonte

Francimar Pereira da Silva, 46 anos, foi encontrado morto na noite de quinta-feira (1º) em um ramal que fica nas margens do rio Itacaiúnas, conhecido popularmente como Porto do Tacho, no Bairro Independência, Núcleo Cidade Nova, em Marabá, região sudeste do Pará. A vítima foi assassinada a facadas e pauladas e tinha sido solta há três dias da prisão, que não teve nome divulgado. As motivações do homicídio são desconhecidas. Com informações do Correio de Carajás. 

VEJA MAIS 

image Jovem é morto com três tiros dentro de propriedade na Alça Viária, em Marituba
A Polícia Científica do Pará (PCP) informou que a vítima lesões provocadas por violência física

image Corpo encontrado boiando no Rio Tapajós é reconhecido por familiares em Itaituba
A vítima foi identificada como Cleydson Leite, de 33 anos

image Triplo homicídio: membros de uma mesma família são mortos a tiros em Palestina do Pará
A violência assustou os moradores da região que, apesar do fluxo intenso que existe na área, cortada pela BR-230, não tem muitos registros de crimes dessa natureza

O sargento Luciberg, do 34º Batalhão de Polícia Militar (BPM), responsável por investigar o caso, disse que Francimar era natural de Colina de Goiás e possuía uma ficha criminal por roubo, violência doméstica e tráfico de drogas. 

Francimar havia sido abordado pela polícia em locais onde entorpecentes eram comercializados.

O homem morava com a família no bairro Jardim União. Informações preliminares são de que o crime tenha ocorrido no final da tarde de quinta. Moradores teriam visto o homem sendo levado até o local onde foi localizado morto, que fica numa área de mata de difícil acesso. 

Ajude com mais informações 

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso podem ser encaminhadas ao Disque-Denúncia (181). A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Em ambos os casos, não é necessário se identificar.

 

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA