Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dupla confessa ter matado cabo da Aeronáutica durante assalto dentro de ônibus, na Sacramenta

O cabo da aeronáutica Jax Coelho Garcia, de 39 anos, teria reagido a um assalto quando foi baleado e morto

O Liberal

Vandenilson Nascimento Batista, de 21 anos, e Wanderson Carvalho da Silva, de 25, confessaram à Justiça, nesta terça-feira (9), terem assassinado o cabo da Aeronáutica Jax Coelho Garcia, de 39 anos. Após interrogatório dos acusados, o promotor de Justiça Roberto Antonio Pereira de Souza requereu a junção ao processo dos laudos de levantamento do local, de balística e de necropsia da vítima. A juíza Cristina Collyer deliberou que, após as diligências requeridas pelo representante do Ministério Público serem cumpridas, será aberto prazo para alegações finais das partes e, em seguida, os autos retornam a suas mãos para que ela dê a sentença.

VEJA MAIS

Cabo da aeronáutica reage a assalto e é morto dentro de ônibus; bandidos são presos
Segundo a Polícia Civil, os criminosos fugiram do primeiro coletivo tomado de assalto e, pouco depois, fizeram reféns os passageiros de outro ônibus na BR-316

Assalto com reféns termina com cabo da aeronáutica assassinado dentro de ônibus
Cabo da Aeronáutica, Jax Coelho Garcia, de 39 anos, foi morto com dois tiros, um deles na cabeça

O crime ocorreu na noite do dia 14 de maio, dentro de um ônibus da linha Marituba/Ver-o-Peso, na avenida Pedro Álvares Cabral, bairro da Sacramenta, em Belém. A vítima teria reagido a um assalto. Após a morte do cabo da Aeronáutica, passageiros de um segundo ônibus foram feitos reféns. A dupla confessou o roubo e o latrocínio.

Na audiência desta quarta-feira, Vandenilson teria assumido ser o autor dos disparos que atingiram a cabeça da vítima, durante a luta corporal que ocorreu pela posse da arma. Wanderson afirmou que, após abordar uma moça no ônibus e roubar o seu celular, pulou a roleta e ouviu o primeiro tiro. Logo em seguida, segundo ele, houve o segundo disparo, feito pelo seu parceiro.

O réu relatou que, antes de sair do coletivo em fuga, roubou a pistola do cabo, ocasião em que a vítima implorou: “Não me matem, tenho filhos”.

Cabo da Aeronáutica será velado em capela de Ananindeua na tarde deste sábado (14)
Até próximo das 13h, familiares aguardavam a liberação do corpo para iniciar os ritos funerários

Cabo da Aeronáutica morto em assalto com refém é velado neste sábado (14)
Os ritos funerários serão realizados em capela na região Metropolitana de Belém

Corpo de cabo da Aeronáutica morto em assalto com refém é enterrado neste domingo (15)
A informação foi confirmada à reportagem de O Liberal pela irmã da vítima, Divane Garcia. Ainda muito abalados, os familiares se reservaram para mais esclarecimentos

Na sequência, a dupla obrigou o motorista a parar o veículo para que pudessem fugir, roubando, na sequência, uma motocicleta que foi abandonada a alguns metros após o alarme disparar. Eles então entraram em um segundo ônibus, onde fizeram reféns os passageiros até que o coletivo foi interceptado por policiais militares no KM 3 da rodovia BR-316. As negociações para liberação das vítimas e rendição demorou quase duas horas.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA