Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Dono de bar é assassinado por motociclistas em Benevides

O crime ocorreu nesta quinta-feira (18), dentro do estabelecimento da vítima

O Liberal

​Um homem identificado como Luciano Viana Tavares, de 40 anos, foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (18), na avenida Martinho Monteiro, no final da linha do ônibus Castanheira/Murinin, bairro da Benfica, em Benevides. Ele foi atingido por cerca de dez disparos de arma de fogo. Nenhum pertence do homem foi levado. O crime, com características de execução, ocorreu dentro do bar Boca Cansada, de propriedade da vítima, que costumava realizar festas no local aos finais de semana.

De acordo com informações de policiais militares do 39º Batalhão, que atenderam a ocorrência, Luciano foi alvejado e morto por três homens que estavam em uma motocicleta. Possivelmente, todos estavam armados com revólveres calibre 38, uma vez que nenhuma cápsula de bala foi encontrada no local. Os suspeitos teriam descido do veículo e fingiram que iriam consumir no local, momento em que aproveitaram que a vítima estava de costas para eles e começaram a disparar.

VEJA MAIS

Dono de bar é assassinado por motociclistas em Benevides
O crime ocorreu nesta quinta-feira (18), dentro do estabelecimento da vítima

Suspeito de tráfico de drogas morre durante confronto com a polícia em Parauapebas
Vitinho era considerado um criminoso de alta periculosidade e tinha passagens pela polícia.

Ex-detento é morto a tiros dentro de fruteira em Marabá
A vítima já tinha passagens pelo crime de tráfico de drogas

Os suspeitos fugiram após o crime e não foram localizados. Segundo os PMs, porém, eles foram reconhecidos por familiares de Luciano, que estavam no local no momento da execução. A polícia ainda não sabe o que pode ter motivado o crime. A investigação deverá ser conduzida pela delegacia de Polícia Civil de Benevides, onde o crime foi registrado.

Luciano já tinha passagem por assalto à mão armada, disseram os policiais, a partir de levantamentos realizados no sistema de informações penitenciárias. Mas ainda não é possível afirmar se a morte dele tem a ver com o antecedente criminal ou com a atividade comercial que ele desempenhava.

Essa segunda possibilidade chegou a ser levantada pela polícia e poderá ser levada em consideração ao longo do processo investigativo. “O que nós ouvimos também por aqui é que ia ter uma grande festa num local aqui próximo amanhã, sexta-feira. E o Luciano também ia fazer uma festa aqui no estabelecimento dele”, disseram os policiais.

A Polícia Científica do Pará (PCP) analisou e removeu o corpo de Luciano ao Instituto Médico Legal (IML) de Belém. Os peritos apontaram que a vítima foi morta com, pelo menos, dez tiros que atingiram as costas e o ombro. A equipe da PCP também observou que a cena do crime do foi bastante alterada, pois familiares de Luciano tentaram socorrê-lo e mexeram várias vezes no corpo.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA