Discussão em supermercado provoca morte de jovem que pediu para passar vez na fila

O boletim de ocorrência registra que o rapaz foi até o estabelecimento para comprar um refrigerante

Redação Integrada

O jovem Ronaldo da Silva Lima, 22 anos, foi morto a tiros na tarde do domingo (9), em Marabá, após pedir para passar vez na fila de um supermercado. De acordo com a Polícia Civil local, que realiza buscas sobre o paradeiro do autor do crime, até então ele não foi identificado.

O crime ocorreu por volta das 11h, dentro do estabelecimento comercial Nacional Alimentos, no bairro Bela Vista. Veja como foi

Segundo a polícia, foram os próprios familiares de Ronaldo Lima que registraram o homicídio, narrando aos agentes de segurança o que teria acontecido no final da manhã dentro do comércio. O boletim de ocorrência registra que o rapaz foi até o estabelecimento para comprar um refrigerante. 

No momento em que se dirigia à fila do caixa, Ronaldo viu que à sua frente havia um homem com o carrinho cheio de mercadorias. Ronaldo pediu ao homem que o deixasse passar na frente já que sua compra seria rápida devido o registro de um único item, a garrafa de refrigerante. No entanto, ele teve o pedido negado, o que provocou imediata discussão entre o jovem e o assassino, que não demorou em sacar uma arma e efetuar disparos contra a vítima. Ronaldo foi socorrido, mas não resistiu durante a cirurgia para retirada do projétil no Hospital Regional de Marabá, e morreu ainda na tarde de domingo.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!