Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Corpo degolado é encontrado às margens da rodovia BR-230, em Pacajá

O corpo foi localizado na manhã de segunda-feira (15). A vítima foi identificada apenas como Expedito

O Liberal

O corpo de um homem foi encontrado na manhã da última segunda-feira (15), à margem da rodovia BR-230, distante 40 quilômetros do município de Pacajá, no sudoeste do Pará. A vítima foi morta por degolamento. Ele seria um trabalhador braçal e foi identificado apenas pelo prenome de Expedito. Ninguém foi preso. As informações são do portal Confirma Notícia.

VEJA MAIS

Encapuzados matam e arrancam a cabeça do filho de traficante
Luciano da Silva Barbosa foi morto juntamente com o padrasto no Amazonas

Caseiro morto a facadas em Rurópolis também foi degolado por amigo, aponta laudo necroscópico
Odenilson Corrêa, de 45 anos, foi assassinado após desentendimento com Marlon Souza

A Polícia Militar informou que foi acionada por moradores da proximidade de que havia um corpo na vila Bom Jardim. Ao chegarem no local, os policiais encontraram o corpo com um corte profundo no pescoço e outras perfurações feitas supostamente por uma faca. Os moradores afirmaram que não conheciam Expedito.

No entanto, algumas outras pessoas disseram que a vítima tinha histórico de causa confusões quando bebia. Ao lado do corpo foi encontrada uma garrafa de bebida alcóolica.

Um inquérito foi instauro para investigar a autoria do crime. Em nota, a Polícia Civil (PC) informou que o caso é investigado pela delegacia do município de Pacajá. “Diligências estão sendo realizadas no intuito de identificar os autores do crime. Informações que auxiliem nas investigações podem ser repassados via Disque-Denúncia, número 181. O sigilo é garantido”, diz o comunicado.

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA