logo jornal amazonia

Comerciante morre em acidente de trânsito na avenida Independência ao tentar estacionar Kombi

A perícia criminal apontou que a vítima foi arremessada do carro e esmagada pela própria kombi que conduzia

O Liberal

Um acidente envolvendo uma kombi e um carro terminou com a morte de um comerciante de 56 anos na noite desta terça-feira (1⁰), no bairro da Cabanagem, em Belém. José Augusto Teixeira Coimbra, conhecido como "Guto" pelos mais próximos, ia estacionar a kombi numa residência localizada na avenida Independência, de esquina com a avenida Brasil (sentido Belém-Ananindeua), quando o acidente fatal aconteceu. De acordo com a Polícia Militar (PM), a kombi tombou após o impacto da colisão com o Gol vermelho. José, que supostamente estava sem cinto de segurança, foi arremessado e esmagado pelo próprio veículo que conduzia. Os moradores das redondezas correram para retirar o comerciante debaixo do automóvel, mas verificaram que ele estava morto. O condutor do carro foi levado para a Seccional da Cabanagem para realizar teste de etilômetro para verificar se estava alcoolizado. 

VEJA MAIS 

Caminhoneiro paraense morre em acidente no Piauí
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local da tragédia e informou que a vítima perdeu o controle do caminhão que conduzia, bateu em um morro e tombou na sequência

Turistas morrem em acidente com balão na Turquia
No momento do incidente havia 30 pessoas a bordo, sendo 28 turistas e dois tripulantes

Mulher fica gravemente ferida durante acidente em Moju
Testemunhas relataram que a mulher ferida perdeu muito sangue e ficou desacordada na pista

Um vizinho da vítima viu tudo. Ele não quis se identificar, mas disse que ainda tentou avisar o condutor do Gol sobre o acidente. "Ainda levantei a minha mão para dizer para o motorista do carro vermelho, mas era tarde. Ele (José) estava sem cinto. Fazia esse trajeto de estacionar o carro há alguns meses nesse imóvel. Ele tinha uma loja aqui perto onde vendia barris e uma outra no Paar", disse.

A mãe dos filhos de José esteve no local bastante abalada com o morte do ex-companheiro. "Era meu amigo. Ele tinha essa loja (na Cabanagem) há uns dez anos. Ele era bastante conhecido aqui", lamentou chorando bastante. 

Rui Charles Souza considerava José da família. O filho dele namora a sobrinha de José e foi assim que construiu a relação com o comerciante. "Ele (José) estava no meu aniversário na semana passada. Era uma pessoa muito feliz. Adorava dançar. Era uma pessoa maravilhosa. Vivia sorrindo. Vai fazer muita falta. Conhecia ele há dois anos e tínhamos uma amizade que não tenho com pessoas com quem convivo há mais tempo", comentou. 

A Polícia Científica do Pará (PCP) realizou a investigação forense no corpo e nos dois veículo. Para o trabalho da PCP, o trânsito na Independência precisou ser parcialmente interditado com apoio da PM e outros agentes de segurança. 

Uma das peritas criminais conversou com imprensa e preferiu não tem o nome revelado. Segundo a perita, José tinha diversos ferimentos na cabeça. "A kombi ao tombar, causou lesões na cabeça. O exame perinecroscópico no local de crime, que é o que a gente vê ao olho nu, verificamos os machucados apenas na cabeça. A necropsia vai constar detalhadamente a causa da morte. Os dois veículos apresentavam danos, o que representa características de colisão, que causou a projeção da vítima e as lesões contusas”, esclareceu a perita.

José era pai de três filhos. Um deles tinha 27 anos e outra é uma menina de 13 anos. A esposa da vítima estava Tracuateua quando soube a morte do marido. 

Acidentes na segunda-feira (31), na Grande Belém

Dois ciclistas morreram atropeladas somente na segunda-feira (31). O primeiro caso aconteceu em Marituba. Débora Suellen Duarte da Silva, 32 anos, morreu atropelada por uma carreta bitrem na noite desta segunda-feira (31) na altura do quilômetro 13 da rodovia BR-316, bairro Parque Verde, em Marituba. Ela estava voltando de bicicleta com outros três amigos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Marituba, local onde trabalhava há dois anos. O condutor do veículo responsável pelo acidente foi detido pela polícia em Benevides e encaminhado para a Delegacia de Marituba. 

O segundo caso foi registrado na avenida Augusto Montenegro, em Icoaraci. José Maurício Carvalho Rocha, de 56 anos, morreu atropelado por um motoqueiro. As autoridades policiais não souberam informar como o acidente aconteceu. A vítima trabalhava como gráfico e a bicicleta em que ele estava era emprestada, segunda uma pessoa próxima da família de José que conversou com a imprensa. O condutor da moto foi detido pela polícia e levado para a Seccional de Icoaraci. O suspeito não teve o nome divulgado. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA