Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Com distintivo falso, delegado 'fake' é capturado em Santarém

Polícia quer saber, agora, como o homem conseguiu a identificação falsa para agir

O Liberal

A Polícia Civil prendeu, na tarde de segunda-feira (13), um falso delegado na cidade de Santarém, no oeste do Pará. De acordo com as primeiras informações obtidas pelas autoridades policiais, o acusado estaria usando um distintivo falso para enganar pessoas e aplicar golpes no município. O suspeito foi identificado como Josivaldo Almeida Dantas, de 37 anos de idade.

O acusado foi detido às proximidades de um bar na área da Orla. Neste local, o homem já havia sido contratado como chefe de cozinha.

VEJA MAIS

‘Gatinha da nota fake’ do Pará pede pix a seguidores para pagar contas após sair da prisão
Joene Coutinho, de 25 anos, presa no dia 19 deste mês, acusada de tentativa de estelionato, diz enfrentar momento delicado financeiramente

'Gatinha da nota fake', influencer é presa com mil reais em dinheiro falso no Pará
Ela tem mais de 130 mil seguidores

Falso detetive é preso por estelionato
Mesmo sem qualquer credencial válida, ele dizia ter cinco anos de experiência.

Identificação

Na 16ª Seccional de Polícia Civil, foi realizada uma consulta detalhada, e ficou constatado que o homem tem passagens por furto nos estados da Bahia e Rio de Janeiro. Agora, a Polícia Civil pretende continuar com as investigações sobre o caso, inclusive, para saber de que forma o acusado conseguiu o falso distintivo.

Como repassou a Polícia, possíveis vítimas do suspeito podem registrar Boletim de Ocorrência e, assim, contribuir com a materialidade da denúncia. Josivaldo Dantas deve responder por estelionato. A pena para o crime é detenção de 1 a 5 anos. (As informações são do site SOS Santarém).

Falso líder religioso suspeito de estuprar mais de 30 meninas é preso
Ao menos 30 adolescentes, entre 12 e 18 anos, foram estupradas

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA