Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Caso Yasmin: acompanhado de dois advogados, dono da lancha é ouvido pela Polícia Civil

Lucas Magalhães diz que algumas pessoas entraram na água para tomar banho no rio

Caio Oliveira

Em mais um desdobramento do caso da morte da influencer Yasmin Cavaleiro de Macedo, o dono da lancha, Lucas Magalhães, 27 anos, foi até a Divisão de Homicídios da Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (16).

Ele chegou com dois advogados. Antes de entrar, ele falou rapidamente com a imprensa e disse que o caso foi uma “fatalidade”, e que daria mais informações ao deixar o depoimento.

Segundo Lucas, ele não entrou na água para tomar banho no rio, “mas outras pessoas entraram”.

Lucas foi quem registrou o boletim de ocorrência do caso, já às 5h, várias horas após o desaparecimento da jovem.

LEIA MAIS SOBRE O CASO YASMIN:

Suposto dono da lancha em que Yasmin estava será ouvido nesta quinta (16) Segundo Rafael Aires, advogado, todas as pessoas que poderiam representar a marina, neste caso, já foram ouvidas

Homem que disse não conhecer Yasmin aparece ao lado da jovem em vídeo; assista Tudo foi registrado na noite anterior ao desaparecimento da jovem

‘Nunca bebeu, nunca fumou, nunca usou drogas’, rebate mãe de Yasmin​ Eliene Fontes prestou depoimento, na tarde desta quarta-feira, 15, na Divisão de Homicídios

VÍDEO: Pai de Yasmin se pronuncia sobre morte da influencer: 'Isso eu não aceito' Ele afirmou que quer saber o que de fato aconteceu com a sua filha Yasmin, que morreu em um passeio de lancha

Amiga que estava em lancha com influencer bloqueia a mãe da vítima: 'Ela frequentava a minha casa' Mãe de Yasmin estranhou o comportamento da amiga da filha, que morreu durante passeio de lancha

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA