Casal é alvejado por trio em carro preto na saída de lanche; uma das vítimas não resistiu

Bruno tinha 20 anos e não passagem pela polícia. A companheira foi atingida na perna e levada às pressas para uma UPA

Eduardo Rocha

Bruno de Sousa Gonçalves, 20 anos, foi morto a tiros no bairro da Condor, no começo da noite deste domingo, 5. Ele havia acabado de sair de um ponto de venda de lanche, em companhia da mulher, quando foi surpreendido por um carro preto onde estavam três homens. 

Segundo as primeiras informações obtidas pela Polícia, os ocupantes saíram do veículo e dispararam várias vezes contra o casal. A mulher de Bruno foi atingida em uma das pernas e levada às pressas para receber socorro em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). 

Bruno, por sua vez, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O sargento Alex, do 10º Batalhão da Polícia Militar, informou que a vítima não tinha passsagem pela Polícia. No entanto, a guarnição que atendeu a ocorrência tomou conhecimento por um familiar da vítima que o rapaz vinha sofrendo ameaças nos últimos dias.

O crime chamou a atenção de moradores do perímetro. Bruno morava na passagem Santo Antônio, próximo do local onde foi executado.

Peritos do CPC Renato Chaves e policiais da Divisão de Homicídios estiveram no local colhendo informações que auxiliem nas investigações do homicídio.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA