Cabo da PM e irmã são presos em Abaetetuba por esquema ilegal de apreensão e revenda de motocicletas

Segundo as investigações, dupla apreendia os veículos e revendia, após um processo de adulteração

Um cabo da Polícia Militar do Pará e sua irmã foram alvos de uma operação da Polícia Civil em Abaetetuba, nordeste paraense, na manhã desta quarta-feira (16). A ação deu cumprimento a dois mandados de prisão preventiva em desfavor de ambos, que são suspeitos de apreender ilegalmente motocicletas e revender os veículos para terceiros após adulteração.

O cabo da Polícia Militar, que é lotado no município de Igarapé-Miri, e sua irmã já são investigados há algum tempo pela prática criminosa. Segundo a Polícia Civil, após a expedição dos mandados, diligências foram montadas para localizar a residência dos suspeitos. No local, que fica no bairro Algodoal, foram apreendidos nove certificados de registros de veículos, um veículo com registro de roubo, cinco motocicletas com procedência ignorada, além de 31.105 reais em dinheiro.

O policial militar foi preso e também está sendo autuado em flagrante por receptação dolosa. A ação contou com agentes da Corregedoria-Geral da Polícia Militar, por meio Divisão de Crimes Funcionais (DECRIF).

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA