logo jornal amazonia

Acusado de envolvimento na morte de policial federal é preso em Parauapebas

Jordan Almeida Brito é apontado como participante no latrocínio que vitimou o policial federal Ramon Costa. O crime aconteceu em 2021

O Liberal
fonte

Jordan Almeida Brito, de 34 anos, acusado de participação na morte do policial federal Ramon Costa, 33, crime ocorrido ano passado em Goianésia do Pará, foi preso no último domingo, 27, em Parauapebas, durante a Operação Fechando o Cerco, que integra diferentes órgãos de segurança. A prisão aconteceu em uma residência na Rua Renato Russo, no Bairro Altamira.

De acordo com informações do portal do interior, Zé Dudu, uma guarnição recebeu informação anônima de que Jordan estava morando em um apartamento no referido endereço. Contra ele já havia um mandado de prisão preventiva em aberto.

Jordan Almeida foi localizado e não ofereceu resistância à voz de prisão. Ele foi encaminhado à 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde segue à disposição da Justiça e deve passar pelos procedimentos cabíveis. Ele é o último integrante do crime a ser preso.

VEJA MAIS

image Homem cai da moto e morre à beira da rodovia em Terra Alta
A vítima foi identificada como Ricardo Raphael Furtado de Jesus

image Acusado de integrar organização criminosa é morto em confronto com a polícia no Pará
Suspeito respondia por dois homicídios, um no estado do Maranhão e outro no interior do Estado

image Condenados por chacina no Ceará fogem de viatura a caminho do presídio
Os três condenados arrombaram a grade da cela do veículo. Os policiais de escolta só perceberam depois.

Relembre o caso

O agente da Polícia Federal (PF) Ramon Costa foi assassinado em um ônibus que fazia o trajeto entre Marabá e Belém durante a madrugada de 10 de outubro de 2021. Quando passava por Goianésia do Pará, o veículo foi abordado por três criminosos que anunciaram o assalto. Eles estavam roubando pertences dos passageiros quando o policial federal reagiu, ferindo um dos assaltantes.

Após o policial ser ferido, o motorista do ônibus seguiu com o veículo até o hospital municipal para que a vítima fosse socorrida. No entanto, ele não resistiu e morreu no local. O assaltante baleado pelo policial também foi internado e preso. Outros dois criminosos fugiram. Ainda em abril deste ano, um suspeito identificado como Ivaldo da Silva Santos, foi preso em Parauapebas.

A Delegacia de Homicídios de Agentes Públicos (DHAP), da Polícia Civil, instaurou inquérito e passou a investigar o caso. A Polícia Federal também enviou policiais para a região onde ocorreu o crime. Uma arma e munições que seriam dos assaltantes foram apreendidas.

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA