Acusado de assassinar adolescente e desovar o corpo no Mangueirão é preso em Belém

Adolescente foi morta por estrangulamento e teve o corpo despejado em um depósito de lixo

Byanka Arruda

Um homem considerado o principal suspeito de ter assassinado cruelmente a adolescente Bianca Cunha da Silva, de 15 anos, foi preso nesta segunda-feira (4), na Seccional Urbana do Comércio, confirmou a Polícia Civil do Pará. Matheus Pinheiro Max está sendo conduzido para a Divisão de Homicídios. O acusado foi detido na Praça da Bandeira, enquanto bebia com amigos.

LEIA MAIS:
- Em vídeo, acusado de matar Bianca diz que taxista sabia de crime
Acusado diz que matou Bianca por ciúmes: família nega relacionamento  
- Pai lamenta morte de Bianca Cunha da Silva

A jovem foi morta por estrangulamento e teve o corpo desovado no começo da tarde da quarta-feira passada (30), em uma área de despejo de lixo e entulho situada na avenida Norte, no Conjunto Paulo Fonteles, no bairro do Mangueirão, em Belém. O crime chocou a população da localidade. 

Dois dias após o assassinato, um vídeo circulou nas redes sociais mostrando imagens suspeitas de estarem relacionadas ao homicídio da adolescente. No material, é possível ver um homem conduzindo um carrinho de mão. Dentro, há um embrulho branco, de tamanho expressivo, que aparenta ser um lençol. Veja as imagens:

As imagens coincidem com o relato de moradores do entorno, que disseram, no dia do crime, que um homem com um carrinho de mão teria deixado o corpo da vítima no local. A jovem Bianca Cunha da Silva foi achada por populares em posição fetal, enrolada em um lençol branco.

 

Imagens circularam na rede: suspeito estaria carregando corpo em carrinho (via redes sociais)

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA