UFPA isola prédio após acidente com substância tóxica em laboratório

O acidente ocorreu na terça-feira (29). De acordo com a UFPA, não houve feridos e a situação está sob controle.

O Liberal
fonte

Um acidente com um frasco da substância tóxica hidróxido de amônio ocorreu no final da tarde da terça-feira (29), em um laboratório de pesquisa do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da Universidade Federal do Pará (UFPA), no Campus Guamá, em Belém. O frasco quebrou e o produto se volatizou pelo primeiro andar do prédio principal do ICB. A informação foi confirmada por meio de nota divulgada no site do ICB, que destacou que não houve feridos e que a situação está sob controle. O reitor da UFPA, Emmanuel Zagury Tourinho, também comentou o caso com a reportagem e garantiu que tudo já foi resolvido.

Segundo a nota, as primeiras atitudes de biossegurança foram tomadas pelo coordenador do laboratório, e os bombeiros e a Prefeitura do Campus foram acionados. "Os bombeiros realizaram as primeiras ações e isolaram o prédio principal e o anexo como parte do protocolo para esses casos", destacou a nota.

VEJA MAIS

image Bloqueios do MEC em orçamentos de universidades passam de R$ 6,7 milhões no Pará
Instituições de ensino superior externam impacto negativo no funcionamento. Levantamento da Redação Integrada de O Liberal inclui UFPA, Unifesspa, Ufopa e UFPA. A Ufra não respondeu.

image Simpósio na UFPA: Lei de Cotas ajudou muito a diversificar o público que frequenta as universidades
“Hoje em dia a gente tem muito mais estudantes de escola pública, estudantes negros, indígenas e de baixa renda nas universidades”, diz professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro; ela participou de estudo nacional sobre o tema

Uma empresa terceirizada, contratada pela UFPA para a retirada de resíduos químicos, foi acionada para coordenar a limpeza do prédio. Por esse motivo, por deliberação do corpo de bombeiros, o prédio principal e o anexo do ICB ficaram isolados até a manhã desta quarta-feira (30) enquanto se fazia o processo de limpeza definitiva do ambiente, conforme detalhou a nota.

"Imediatamente o ambiente foi isolado, evacuado. Foi iniciado o protocolo de biossegurança que temos. Uma equipe da Prefeitura, que é responsável por isso, imediatamente foi até o local e chamou os bombeiros. Hoje de manhã [30] houve a operação de limpeza completa do ambiente por uma empresa terceirizada da UFPA, que é especializada na remoção de substâncias químicas. Ninguém foi afetado. Então a situação ficou sob controle e o ambiente voltou a ser ocupado a partir do período da tarde", detalhou o reitor Emmanuel Tourinho.

Palavras-chave

Pará
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ