Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Projeto vai realizar mil casamentos comunitários gratuitos em cinco municípios paraenses

A previsão é que as cerimônias sejam realizadas até o final de junho

Fernando Assunção

Xinguara e Rio Maria, no sul do Pará, Altamira e Vitória do Xingu, no sudoeste do Estado, e Marabá, sudeste paraense, são os próximos municípios a receberem o projeto “Bem Casado”. A iniciativa da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), idealizada pelo deputado estadual Fábio Figueiras, promove casamentos comunitários gratuitos a casais sem condições econômicas de arcarem com a cerimônia. A previsão é realizar mil casamentos até o final de junho.

VEJA MAIS

Casamentos comunitários: mais de 370 casais participam de cerimônias em Belém
Celebrações foram realizadas pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Pará e o Tribunal de Justiça do Estado

Segundo o titular da pasta de Justiça e Direitos Humanos, Valber Milhomem, o objetivo é “oportunizar a união de homens e mulheres de diversas regiões". “É nosso dever levar cidadania por todo o Pará”, completou.

Só na Região Metropolitana, a estimativa é que dois mil casais já selaram o compromisso do casamento através do projeto, que tem parceria com a Associação Esperança do Ananin. Na sexta-feira (10), Belém sediou o evento, que uniu 325 casais na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho, com a presença do governador do Pará, Helder Barbalho. Na ocasião, ele afirmou que o projeto é uma oportunidade de reafirmação de valores que o casamento promove. "Nós que defendemos a família, compreendemos que a instituição casamento é fundamental, é o alicerce familiar, para o amor ao próximo, valorização do homem, da mulher e do casal", disse.

Além da cerimônia de casamento, o projeto tem entre seus objetivos construir uma ampla rede de solidariedade e compromisso social em todo processo do evento. Para isso, promove cursos, palestras e ensaios preparatórios antes do matrimônio. O “Bem Casado” ainda oferece aos casais credenciados proteção jurídica, garantia de direitos civis da família e sucessões e isenção de taxas, tarifas e alguns custos indiretos.

 

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ