Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Portões dos locais de prova do Enem são abertos; forças de segurança prestam apoio no Pará

Correios terminaram às 10h a entrega das provas em todo o Estado. A ação começou às 6h e contou com a participação de 363 agentes e 121 viaturas

O Liberal

Como programado, os portões dos locais de prova do Enem abriram às 12h deste domingo (28). Em Belém, vários estudantes aguardavam do lado de fora para poder entrar nas salas. Em todo o território paraense, a entrega dos malotes com as provas da 2ª Etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que começou às 6h, foi concluída duas horas antes da abertura dos portões, às 10h. Na ação, estiveram envolvidos 363 agentes e 121 viaturas das Forças de Segurança do Estado para prestar apoio aos Correios, responsável pelo transporte das provas aos 742 locais onde o Exame será realizado em 77 municípios do Pará.

As equipes das forças de segurança do Estado estão nas ruas desde cedo. De acordo com informações divulgadas pelo Governo do Estado, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) juntamente com o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) coordenam as ações de logística, policiamento ostensivo e monitoramento da “Operação Enem 2021”.

Na capital, a segurança nas escolas do município ficará a cargo da Guarda Municipal de Belém. Nas escolas estaduais e particulares, em Belém e no interior, a segurança será de responsabilidade da Polícia Militar.

Representante de diversas instituições estão reunidos no Centro Integrado de Comando e Controle do Estado (CICC) para monitorar e acompanhar a movimentação e logística em torno da realização da prova, com o intuito de agilizar qualquer tipo de intercorrência que possa envolver a realização do Exame. 

No interior a Segup também monitora a realização da prova através dos Centros Integrados de Comando e Controle Regionais (CICCR), instalados nos municípios de Marabá, Capanema, Castanhal, Soure, Breves, Paragominas, Tucuruí, Redenção, São Félix Xingu, Santarém, Itaituba, Abaetetuba e Altamira. As unidades estão sendo monitoradas pelo Centro Integrado Estadual, localizado na Capital.

A movimentação nos locais de provas conta com o monitoramento eletrônico de mais de 353 câmeras instaladas na Região Metropolitana de Belém e também no interior do Estado. 

Quanto a possíveis incidentes, no município de Tailândia, uma escola estadual foi identificada com uma queda décima das fases de energia. Mas segundo o Governo, uma equipe da Equatorial Energia foi acionada e já resolveu o problema.

Palavras-chave

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ