Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ourém: moradores voltam para casa e contam com solidariedade para retomar rotina

O nível das águas do rio Guamá já está normal e, com isso, as ruas dos bairros do Pantanal e Souza, que foram mais atingidos pela enchente, já estão secas.

Patrícia Baía

Em Ourém, município do nordeste paraense, o nível das águas do rio Guamá já está normal e, com isso, as ruas dos bairros do Pantanal e Souza, que foram mais atingidos pela enchente, já estão secas.

As fortes chuvas que caíram na região, no segundo final de semana do mês de maio, fizeram com que o rio transbordasse causando muitos problemas para o município.

Os moradores que tiveram que deixar seus imóveis para se abrigar em casa de parentes e amigos já estão de volta para suas casas. “O final de semana ainda foi limpando tudo, lavando as roupas e tentando se virar com os móveis que restaram”, contou Marize de Fátima Ribeiro.

De acordo com a prefeitura de Ourém, a cidade ainda não voltou totalmente à normalidade. Os moradores estão ainda recebendo água e alimentos. A orientação é não consumir a água das torneias porque os reservatórios da Cosanpa (Companhia de Saneamento do Pará), no município, ainda não estão totalmente limpos. “É uma orientação da nossa Secretaria de Saúde. A água está com uma coloração um pouco escura e, por isso, a Cosanpa está distribuindo água e a prefeitura, além também está ajudando com a distribuição de água e comida, pela parte da manhã e a tarde”, explicou o assessor de comunicação, Ramires Barreto.

Elevação do rio Guamá causa prejuízos à população de Ourém, no nordeste do Pará (Márcio Nagano/ O Liberal)

VEJA MAIS

Chuvas começam a dar trégua na região nordeste do Pará
Os municípios do nordeste paraense têm sofrido com as fortes chuvas que caíram na segunda quinzena do mês de maio

Governo auxilia na construção de pontes e assistência às famílias no município de Ourém
Fortes chuvas na região causaram diversos transtornos à população da cidade, como enxurradas e alagamentos

Moradores de Ourém usam canoa para escapar de enchente e cheia do Rio Guamá
Cerca de 400 famílias estão desalojadas e três desabrigadas

Desde sábado a Secretaria de Obras está realizando a revitalização das áreas atingidas e recolhendo os entulhos e os móveis estragados pela enchente.

Corrente de doação

De acordo com a prefeitura, o número de pessoas e de empresas de Ourém e de outros municípios, que estão ajudando as famílias atingidas pela enchente, só aumenta. São doações de roupas, móveis, cestas básicas e água. Tudo que é arrecado é levado ao posto de coleta montado pela Secretaria de Assistência Social. “Os moradores e empresas estão se organizando e mandando ajuda para quem precisa. Foram muitas perdas. Tem gente que ficou só com a roupa do corpo. Por isso tudo que chega é muito bem-vindo”, explicou Ramires Barreto.

Local da coleta

As entregas estão sendo realizadas no Centro de Convivência da Terceira Idade Antônio Bruno de Souza Neri, localizado na rua principal do centro de Ourém.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ