Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Marituba promove dia D com programação alusiva ao setembro amarelo

Ações sociais, culturais, de atendimento odontológico, médico e de enfermagem marcam programação em Marituba

Emanuele Correa

Pessoas trajando vários tons de amarelo, segurando cartazes com os dizeres: "a gentileza é o jeito mais bonito de ser o sol no dia nublado de alguém" e "não minimize a luta do outro" reuniram-se em frente aos Centro de Atenção Psicossocial de Marituba (CAPs) para dar início a caminhada que faz parte da programação alusiva ao dia "D" do setembro amarelo, promovida pela prefeitura do município, por meio da coordenação de saúde mental, nesta sexta-feira (17).

A programação começou as 9h reunindo usuários do serviço e a equipe multiprofissional dos CAPs: enfermeiros, psicólogos, psiquiatras, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, pedagogos, etc. O trajeto da caminhada terminou na Praça Matriz, onde ocorreram as ações de orientação jurídica, ouvidoria do SUS, consultório odontológico móvel, ginecologia, serviços de enfermagem, nutrição, acolhimento social, ação de estética e corte de cabelo. A programação musical ficou por conta da casa da cultura e os serviços foram ofertados à população até às 13h. Cerca de 300 pessoas estavam presentes no evento, além das autoridades e usuários do Caps, artistas caracterizados de personagens famosos do cinema e até, do presidente da República marcaram o evento.

A Prefeita de Marituba, Patrícia Mendes conversou com a comunidade presente, motivando-os a buscar acompanhamento especializado em saúde mental, principalmente, neste contexto pandêmico: "sabemos que é muito importante esse mês dedicado a prevenção ao suicídio, período ainda de pandemia, que vemos muitas pessoas com depressão e os casos aumentando. Quero parabenizar o nosso secretário de saúde e as demais secretárias, pois é um trabalho conjunto. Temos assistência social, cultural, saúde, etc. Quando a gente trabalha em união, conseguimos um resultado satisfatório. Vamos continuar na luta de prevenção, conscientização e inserção dos usuários dos CAPs. A nossa meta é proporcionar momentos como este", disse a prefeita.

A autoestima está ligada também a saúde mental. Lourdes Amaral é autônoma e buscou serviço de beleza na praça, como uma forma de dar um primeiro passo para se restabelecer de um trauma: "hoje eu tirei o dia para me cuidar, a gente é mulher, é vaidosa... A gente fica baixo astral. Estava me sentindo mal, devido a uma situação no meu casamento. Eu ainda estou me sentindo mal. Mas agora estou me sentindo mulher, bonita. O casamento acabou, mas estou aqui fazendo isso, recomeçando. Devido a situação que aconteceu, eu me fechei para o mundo, porque aconteceu algo muito sério e dói lembrar. Ainda mais quando se é vigilante. A gente nunca pensa que vai acontecer com a gente. Está sendo difícil ter a vida que eu tinha. Eu era feliz, alegre... Eu ainda não conheço o serviço do Caps, mas vou buscar o aconselhamento", disse a autônoma.

Jéssica Leal, coordenadora do Caps AD, realiza um trabalho social no centro e para está ação relata emocionada a alegria de ver os usuários se apresentando com músicas de coral: "para eles é importante cantar e serem aplaudidos. A gente trabalha muito com música, esporte, artesanato, para desenvolver habilidades cognitivas, habilidades sociais... É voltado principalmente para pessoas que estão em situação de dependência química, que tem transtornos psicológicos devido ao uso abusivo de substâncias químicas", explica a coordenadora.

O CAPS AD, está localizado na rua da Piçarreira, 302 e CAPS 2, na passagem vieira, 90. E quem precisar de atendimento, pode se dirigir aos dois locais, pois o atendimento é de portas abertas. José Vidal é coordenador do Caps 2, explica sobre o serviço de atendimento de portas abertas: "nós trabalhamos das 8h às 18h fazendo a triagem, encaminhamentos... Nesse trabalho a gente faz atendimento psicossocial, de nutrição, terapia ocupacional tem um fim tudo social necessário para a recuperação", orienta.

Palavras-chave

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ