Mais de 500 mil pessoas têm direito à Tarifa Social no Pará

Governo do Estado e Celpa assinaram acordo que beneficiará famílias de baixa renda

Redação Integrada com informações de Agência Pará

O benefício da Tarifa Social é realidade no Pará. Um termo de cooperação assinado pelo Governo do Estado e Celpa na tarde desta segunda-feira (11) ampliou o benefício e os descontos na conta de energia elétrica, que podem chegar a 65%.

No Pará, mais de 500 mil pessoas têm acesso ao benefício, mas muitas ainda não têm conhecimento disso.

Helder Barbalho, governador do Pará, reforçou que não haverá nenhum dano fiscal quanto ao valor mais baixo na tarifa, para quem tem direito.

"Vamos enviar essas correspondências para que as famílias tenham acesso e assim elas poderão diminuir em até 40% na conta de energia", afirmou.

O presidente da Celpa, Marcos Almeida, explica que a economia na tarifa de energia elétrica pode chegar a 300 milhões de reais por ano. "É um valor que pode ir para o bolso da população de baixa renda e fomentar a economia local".

Para a dona de casa Ediléia Mamede, moradora do bairro de Águas Brancas, na região metropolitana de Belém, o desconto é bem-vindo. "Vai ajudar todo mundo que precisa. Na área onde moro, existem muitas pessoas já idosas que vão poder usar o dinheiro economizado com a conta de energia para comprar os remédios que precisam", avalia.

Os descontos na Tarifa Social variam de acordo com a faixa de consumo, mas podem chegar até 65%. No Pará, atualmente, 538 mil famílias são beneficiadas com a Tarifa Social. Com essa parceria inédita, o número será ampliado.

Famílias com renda mensal de até três salários mínimos também podem ser beneficiadas. Elas precisam ter entre os membros da família uma pessoa em tratamento de saúde domiciliar que requeira uso contínuo de equipamentos hospitalares que consumam energia elétrica. 
Para este caso, é necessário apresentar laudo médico certificando a situação de saúde e a previsão do período de uso do aparelho e homologado por médico do Sistema Único de Saúde (SUS).

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PARÁ