Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Julho Dourado conscientiza a população sobre os cuidados necessários com animais domésticos

A UFPA tem desenvolvido um projeto que visa auxiliar tutores nos cuidados que os pets precisam para manter a saúde em dia

Camila Azevedo

A castração em cães e gatos é considerada um ato de importância para que a saúde dos animais seja garantida. A indicação é que a cirurgia seja realizada ainda nos primeiros meses de vida. Dentre os benefícios envolvidos, o destaque é para o controle de superpopulação, proteção contra zoonoses e aumento da qualidade de vida. Por isso, a campanha Julho Dourado visa alertar os tutores para os perigos que a falta de cuidados pode trazer aos bichanos. Entidades, como a Universidade Federal do Pará (UFPA), têm desenvolvido projetos que divulgam informações e incentivam uma guarda segura e estável.

O método de retirada dos órgãos reprodutores é mundialmente conhecido e extremamente eficaz em atuar na prevenção e redução de diversas doenças que podem afetar os animais domésticos, além de atingir humanos, dependendo da situação. A castração consiste em uma forma cirúrgica dividida em dois procedimentos que variam: no caso das fêmeas, a remoção é do útero e dos ovários, sendo o processo chamado de ovariosalpingohisterectomia (OSH); já para os machos, ocorre a extração de ambos os testículos na orquiectomia.

VEJA MAIS

​Ananindeua leva ação do castramóvel ao conjunto Cidade Nova VI
A ação começa na próxima segunda-feira (13) e segue por quatro dias

Como cuidar de um cachorro ou gato antes e após castração?
Confira um mini manual de o que fazer para ajudar o animal de estimação ter uma recuperação melhor

Pará Pet atenderá por mês 3 mil cães e gatos para castração; saiba como vai funcionar
De 2020 para 2021 houve uma redução de 60% nos casos de maus-tratos a animais no Pará

A castração melhora a qualidade de vida de cachorros e gatos, além de facilitar a convivência com seus tutores (Ivan Duarte / O Liberal)

O bem estar que a castração oferece alcança diversas áreas da vida do animal. O médico veterinário Rogério Politi explica que os efeitos podem ser vistos na rotina de cães, gatos e seus tutores. “Em relação ao macho, a castração evita problemas de próstata quando ele ficar velho, melhora também a micção do cachorro, acostumado a urinar para marcar território. Diminui a ansiedade, a disputa territorial, o animal fica menos agressivo e ciumento. Em relação às fêmeas, castrando elas novinhas, evita o tumor de mama, acaba com o cio, evita a piometra, que é uma infecção no útero”, diz.

Entretanto, para que os benefícios sejam maiores e mais significativos, o especialista orienta que a castração seja feita o mais cedo possível. “Pode castrar em qualquer idade. A cadela não é que nem os humanos, que têm menopausa. A cadela cicla a vida inteira. Então, você pode castrar ela em qualquer momento, mas quanto mais cedo você fizer a cirurgia tanto em macho quanto em fêmea, melhor”, ressalta o veterinário. 

Quem é atento às medidas e não deixa de lado as responsabilidades com os animais, testemunha que o procedimento cirúrgico é uma forma de adquirir uma vida mais duradoura aos companheiros. Monique Leão, de 32 anos, é estudante e tem a guarda de três cachorros e sete gatos. Os cuidados são intensos e tidos como prioridade desde o momento de chegada de um novo bichinho. “Todos os animais que a gente tem em casa são castrados. Eu decidi optar pela castração por causa dos benefícios que ela pode trazer ao animal; pode prolongar a vida, prevenir algumas doenças”, conta. 

Os cuidados são intensos com os animais adotados e tidos como prioridade desde o momento de chegada (Ivan Duarte / O Liberal)

Todos os pets recebem a atenção fundamental para que o pós-cirúrgico seja tranquilo. Uma boa alimentação faz parte da recuperação. Recentemente, a família de Monique adotou uma gata que morava na rua. Tão logo ela chegou, os procedimentos indicados foram iniciados. “Resgatamos ela tem mais de um mês. Chegou em casa e foi logo castrada. Ela ficou usando roupinha cirúrgica para não abrir os pontos. Agora ela já vai tirar. Temos o cuidado para que eles não mexam na cirurgia, não fiquem lambendo”, relata a estudante.

UFPA na luta pela saúde animal

O “Reproeduca”, projeto de extensão da UFPA, foi pensado para que ações que envolvam o bem-estar dos animais sejam colocadas em prática. Não são apenas informações que são divulgadas, o programa também mostra à população as melhores formas de adotar os animais. 

Exames de rotina para elevar a qualidade de vida dos animais são disponibilizados: dosagem hormonal, acompanhamento de ciclo estral, exame andrológico e análise seminal. 

Outros benefícios da castração

  • Redução de passeios e problemas associados a isso, como brigas de rua e desenvolvimento de doenças;
  • Redução da Raiva e da Leishmaniose, doenças transmitidas de pets para humanos;
  • Prevenção da gravidez psicológica; 
  • Auxilia no tratamento de diabetes e epilepsia;

Formas de contágio das zoonoses

  • Antropozoonose: doenças primárias de animais que podem ser transmitidas para humanos;
  • Zooantroponose: doenças primárias de humanos que podem ser repassadas à animais.
Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ