Polícia prende quadrilha que enviava maconha em falso comboio humanitário para a Ucrânia

Até o momento, 30 pessoas foram detidas por envolvimento no esquema criminoso

Juliana Maia
fonte

A polícia da Espanha interceptou uma rede de tráfico de drogas na comunidade de Andaluzia, no sul do país. A quadrilha identificada transportava maconha escondida em um falso comboio humanitário, que partia com destino à Ucrânia. Foram detidas 30 pessoas na segunda-feira (5) por suspeita de estarem envolvidas no caso.

VEJA MAIS

image PRF prende, no Pará, dois homens acusados de roubo e de tráfico de drogas
Uma prisão ocorreu em Santarém e a outra, em Benevides; agentes também apreenderam entorpecentes

image Mulher é presa ao ser flagrada vendendo drogas e por manter macaco em cativeiro em Santarém
A suspeita foi flagrada na sala de um imóvel vendendo entorpecentes e acabou detida tentando fugir da área

image Casal é preso com mais de um quilo de maconha em Altamira
Os militares faziam patrulhamento no local quando avistaram o homem e a mulher em uma motocicleta tentando esconder um saco plástico

A operação foi realizada em várias localidades próximas de Andaluzia, como Málaga e Granada, além da capital, Sevilha. Em comunicado divulgado à imprensa, a Guarda Civil espanhola informou que foram apreendidas seis armas de fogo, 2.500 pés de cannabis e cerca de 800 mil euros, o que equivale a mais de 4,3 milhões de reais.

De acordo com as autoridades espanholas, os suspeitos possuem nacionalidades espanhola, ucraniana, alemã e marroquina. Após a chegada à Ucrânia, os suspeitos distribuiriam a droga para outros países europeus.

Para realizar o transporte da maconha, a quadrilha utilizava furgões com registro ucraniano e escondia a planta em caixas de papelão, informando que o conteúdo dentro das caixas eram "provisões e ajuda humanitária para a Ucrânia".

(*Juliana Maia, estagiária sob supervisão da editora web de OLiberal.com, Vanessa Pinheiro)

 

Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO