Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Maior multa da história da aviação americana é aplicada à passageira que foi presa com fita adesiva

Ela tentou abrir a porta da cabine e precisou ser presa ao assento do avião

O Liberal

A Administração da Aviação Federal (FAA) dos Estados Unidos aplicou uma multa de US$ 81.850 (cerca de R$ 380 mil) a uma passageira que precisou ser presa a um assento de avião com fita adesiva após atacar a tripulação e abrir a porta da aeronave durante o voo. Esta é a maior multa já aplicada pela FAA. As informações são do portal O Globo.

“Se você estiver em um avião, não seja um idiota e não coloque em risco a tripulação e outros passageiros”, declarou o secretário de Transportes dos Estados Unidos, Pete Buttigieg.

VEJA MAIS

Passageira tenta despachar botijão de gás em voo comercial; vídeo
'A senhora derruba um avião com um negócio desses', diz funcionário da companhia aérea

VÍDEO: Em Belém, passageira é retirada de voo por se recusar a usar máscara
A aeronave já havia decolado, mas retornou a Belém devido ao tumulto causado pela recusa da medida de segurança sanitária

Passageira dorme durante o voo e acorda sozinha no avião
Tiffani Adam acordou e se deu conta de que havia sido deixada na aeronave pelos funcionários da companhia aérea

O caso aconteceu em julho de 2021, durante um voo da American Airlines que ia de Dallas, no Texas, até Charlotte, na Carolina do Norte. A mulher penalizada com a multa teria ameaçado um membro da tripulação que se ofereceu para ajudá-la quando ela caiu no corredor. Ela também tentou abrir a porta da cabine, mas foi impedida.

A segunda maior multa já aplicada pela FAA foi no valor de US$ 77.272, a um homem que, durante um voo de Dallas até Atlanta, também em julho do ano passado, mordeu várias vezes outro passageiro e tentou abrir a porta do avião .

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO