Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Justiça da Tailândia condena brasileira presa por tráfico internacional de drogas; veja a pena

Sentença foi proferida na quarta-feira (11). Os advogados agora tentarão a extradição de Mary Hellen, para que ela possa cumprir a pena no Brasil.

O Liberal

Presa no dia 14 de fevereiro deste ano, no aeroporto de Bangkok, na Tailândia, ao ser flagrada transportando cocaína na bagagem, a brasileira Mary Hellen Coelho Silva já sabe quanto tempo deve ficar atrás das grades. Ela foi condenada nesta quarta-feira (11) pela justiça tailandesa a 9 anos e seis meses de prisão, de acordo com Kaelly Cavoli Moreira, uma das advogadas de defesa da jovem. As informações são do G1 Sul de Minas.

VEJA MAIS

Morre a mãe de Mary Hellen, brasileira de 21 anos presa na Tailândia por tráfico de drogas
Os advogados de defesa ainda não conseguiram fazer contado com a jovem para dar a notícia

Brasileira de 21 anos presa na Tailândia não terá pena de morte, diz advogado
Mary Hellen Coelho da Silva entrou no país levanddo cerca de 15,5 kgs de cocaína

Irmã de brasileira presa por tráfico na Tailândia diz como Mary Hellen conheceu homem ‘gente fina’
Brasileira que mandou áudio desesperado havia pedido as contas no emprego antes de viajar

A defesa de Mary Hellen aguarda o recebimento da sentença completa, e só tomou conhecimento da decisão na madrugada desta quinta-feira (12) por meio de um e-mail do consulado brasileiro. Para Kaelly Moreira, a pena estipulada é “muito positiva” e “melhor” do que a esperada pela defesa.

“Nós estávamos contando com 50 anos de prisão, mas já tínhamos descartado a pena de morte e a prisão perpétua. Estamos caminhando para uma pena humana, o mundo precisa ir na contramão de penas desumanas”, afirmou.

Com a mudança na lei contra o tráfico de drogas na Tailândia, em 2021, a pena máxima para o tráfico de cocaína no país passou a ser de 15 anos de prisão. Em relação à condenação da brasileira, 2 anos são por crime civil, e 7 anos e 6 meses são por crime penal.

Os advogados agora tentarão a extradição da jovem, para que ela possa cumprir a pena no Brasil.

Além de Mary Hellen, outros dois brasileiros foram presos na Tailândia no dia 14 de fevereiro deste ano. Ao todo, eles transportavam 15,5 quilos de cocaína, com valor equivalente a cerca de R$ 7,5 milhões.

O Itamaraty informou que, por meio da embaixada de Bangkok, acompanha a situação e presta toda assistência aos brasileiros.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO