Invenção israelense permitirá que clientes comam em restaurantes com máscara 'Pac-Man'

Uma espécie de alavanca faz com que uma fenda seja aberta na parte frontal da máscara para que a comida possa passar

Reuters

Inventores israelenses desenvolveram uma máscara de proteção ao coronavírus com uma boca controlada remotamente que permitirá que clientes de restaurantes possam comer sem retirá-la, o que, segundo eles, pode tornar menos arriscada uma visita a um restaurante.

Apertando uma alavanca, assim como um ciclista opera um freio de bicicleta, uma fenda é aberta na parte frontal da máscara para que a comida possa passar. 

O processo pode ficar com complicado se envolver alimentos como sorvete ou molhos, mas pedaços sólidos podem ser abocanhados em um instante, mais ou menos como faria o personagem dos video-games clássicos Pac-Man. 

"A máscara pode ser aberta mecanicamente por um controle remoto ou automaticamente, quando o garfo se aproxima da boca", disse Asaf Gitelis, vice-presidente da Avtipus Patents and Inventions, nesta segunda-feira ao demonstrar seu aparelho no escritório da empresa, próximo a Tel Aviv. 

"Assim você pode comer, aproveitar, beber e você tira o garfo e o buraco se fecha, assim você está protegido contra o vírus assim como as pessoas que estão com você". 

A empresa anunciou que planeja iniciar a fabricação das máscaras nos próximos meses e já submeteu uma patente para o dispositivo. A máscara poderá ser vendida a um preço entre 0,85 e 2,85 dólares acima do preço das máscaras médicas simples vendidas em Israel.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!