Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Influencer do TikTok é presa por vídeo 'imoral' na Arábia Saudita

Tala Safwan foi presa acusada de fazer um vídeo com conotação homossexual no país extremamente conservador

Maiza Santos

A estrela do TikTok, Tala Safwan foi presa após ser acusada de falar sobre homossexualidade em um vídeo de seu perfil na redes sociais. As autoridades alegam que ela fez a gravação com conotação lésbica para tentar driblar as leis do país extremamente conservador, que proíbe conteúdos ofensivos aos valores e princípios muçulmanos.

VEJA MAIS

Mulher multada após vídeo no TikTok diz não se arrepender: 'fazendo do limão uma bela limonada'
Esmeralda Mello estava em meio a um processo trabalhista quando gravou um vídeo para o aplicativo TikTok e teve a indenização suspensa pela Justiça

Ministério da Justiça determina que TikTok suspenda conteúdos impróprios; entenda
A imposição é acerca de conteúdos considerados impróprios para menores de idade

Justiça do Trabalho reverte decisão após dancinha no TikTok; entenda
Vendedora de joalheria teve indenização contra empregadores anulada após vídeo considerado jocoso

Tala Safwan, que tem cinco milhões de seguidores no TikTok e cerca de 800 mil no YouTube, usa um estilo otimista e descontraído para falar a adolescentes nos vlogs. Os vídeos têm títulos chamativos e a influencer costuma discutir programas de TV ou questões enviadas pelos seguidores - principalmente sobre relacionamentos e situações embaraçosas.

No vídeo em que foi acusada, apesar de não falar aberta e claramente sobre o assunto, ela teria dado a entender que se tratava de algo homossexual. A polícia do país extremamente conservador disse que o vídeo “pode prejudicar a moralidade pública”. 

Tala rebateu e disse que essa não era sua intenção. Ela afirmou que foi mal interpretada e negou que houvesse qualquer subtexto sobre homossexualidade nos comentários. A influencer argumentou que o vídeo foi retirado do contexto com o objetivo de causar um escândalo. 

No dia da prisão, as autoridades de Riad anunciaram que haviam prendido “um morador local” que “apareceu em uma transmissão conversando com outra mulher, e elas discutiam conteúdo sexual e sugestivo, algo que poderia ter um impacto negativo na moralidade pública”. A polícia não citou o nome de Tala Safwan, mas incluiu um trecho do vídeo com o rosto dela e o de sua amiga borrados. Confira o vídeo polêmico:

 

@itstalasafwan لعلها خيرة .. ماعلينا المهم باركولي على الـ 5M بسرعة نبغى هيصة بالكومنتات لا اوصيكم ❤️‍🔥❤️‍🔥💃🏻😂 #تالا_صفوان #السعودية #fypシ #foryou #fyp #الرياض #tiktok ♬ 【No drums】 Emotional space-like epic ... - MoppySound

 

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora web de OLiberal.com, Ana Matos)

 

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO