Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem é multado em mais de R$ 14 mil após entrar com McDonald's na Austrália

Em meio a crise da febre aftosa, o país reforçou as medidas de biossegurança, e o cachorro Zinta identificou o lanche na mochila do homem; Ele terá que pagar uma multa no valor de U$2.664 (R$14.063)

Gabriel Mansur

Um homem foi multado no valor de 2.664 dólares (R$ 14.063) na Austrália, após um cão farejador identificar em sua mochila um pedido do McDonald’s. Em meio a crise de febre aftosa no país, a infração é considerada grave e os dois McMuffins de ovo e salsicha, além do croissant de presunto custaram caro para o homem.

VEJA MAIS

Mulher é denunciada após oferecer dinheiro e sexo para se livrar de multa em rodovia de Salinópolis
Tentativa de suborno foi filmada por câmera corporal acoplada ao uniforme do agente do Detran

Mulher multada após vídeo no TikTok diz não se arrepender: 'fazendo do limão uma bela limonada'
Esmeralda Mello estava em meio a um processo trabalhista quando gravou um vídeo para o aplicativo TikTok e teve a indenização suspensa pela Justiça

Facebook é multado em R$10 mi por permitir tráfico ilegal de animais
A rede social facilitava o comércio ilegal de animais silvestres na plataforma

Segundo informações, a multa se dá porque o homem não declarou os itens que são considerados de alto risco para a biossegurança. A entrada de alimentos desconhecidos está sendo proibida no país e o homem viajava da Indonésia para Darwin, no país da Oceania. O país atualmente está livre da febre aftosa, e cães como Zinta, que identificou o lanche na bagagem do passageiro, são usados para a manutenção da situação atual.

O ministro da Agricultura, Pesca e Florestas da Austrália, Murray Watt, afirmou que “esta será a refeição do McDonald's mais cara que este passageiro já teve”, e também disse que não tem simpatia por pessoas que “optam por desobedecer às rigorosas medidas de biossegurança da Austrália”.

Cães como Zinta têm sido usados como esforço preventivo para o combate da febre aftosa no país. “A biossegurança não é brincadeira - ajuda a proteger empregos, nossas fazendas, alimentos e apoia a economia”, comunicou o ministro. Em julho, uma mulher que viajava de Singapura para o país foi multada no mesmo valor após esquecer de declarar metade de um Subway que trazia na mochila. 

(Estagiário Gabriel Mansur, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO