Ex-policial abre fogo em creche na Tailândia e mata 34 pessoas, sendo 22 crianças

Entre as vítimas estão o filho e a esposa do atirador. O homem se suicidou

O Liberal

Pelo menos 34 pessoas morreram após um ex-policial abrir fogo em uma creche no nordeste da Tailândia. Entre as vítimas, estão 22 crianças, incluindo o filho do atirador. A mulher dele também foi assassinada. Após o atentado, o ex-policial se suicidou. As informações são do G1 Mundo.

A creche fica localizada na cidade de Uthai Sawan, dentro da província de Nong Bua Lamphu. Segundo a polícia, o assassino, identificado como o Panya Khamrab, foi ao local na hora do almoço. Ele estava agitado e chegou a atropelar algumas pessoas.

VEJA MAIS

Ataque suicida: mais de 20 estudantes são mortos durante simulado escolar
No momento do ataque, a unidade escolar tinha de 300 a 400 estudantes, no Afeganistão. Há informação que outras 12 pessoas também morreram no local, mas não foram identificadas

Explosão provocada por homem-bomba mata pelo menos 19 pessoas em escola do Afeganistão
Outras 27 pessoas ficaram feridas no atentado

Atentado na Rússia: Atirador vestindo suástica nazista mata 15 pessoas em escola
Homem seria ex-aluno da instituição e teria cometido suicídio logo após o atentado

Depois que parou o carro, procurou pelo filho. Ao não achá-lo, disparou então contra outras crianças e funcionários da escola, entre eles uma professora grávida de oito meses. O homem voltou para casa, matou a mulher e o filho, e se suicidou.

Embora a taxa de posse de armas na Tailândia seja alta em comparação com algumas outras nações da região, tiroteios em massa são raros no país.  

O ex-policial envolvido neste atentado havia sido dispensado de suas funções por envolvimento com drogas. Há apenas alguns dias, ele compareceu a um tribunal local para responder por uso e posse de narcóticos.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO